skip to Main Content

Caminhos do Alfredo consolida Flores da Cunha entre os principais destinos turísticos da Serra Gaúcha

Capela São João Batista, construída em 1924. Foto: César Paludo

Nova rota reúne 11 empreendimentos familiares que oferecem experiências exclusivas, gastronomia e contato com a natureza

Vinícolas familiares, gastronomia típica, belezas naturais e quase 140 anos de história para contar. Essa é a aposta dos Caminhos do Alfredo – Enoturismo Rural, nova rota turística de Flores da Cunha (RS) que foi lançada oficialmente no último sábado (22), com jantar na Cantina Gelain. O cardápio foi o tradicional menarosto, iguaria trazida à região pelos imigrantes italianos e que consiste em variados cortes de carne assados lentamente em um rolete de espetos giratórios.

Localizada no Travessão Alfredo Chaves, interior do município, a rota é composta por 11 empreendimentos que prezam pelo atendimento personalizado, feito pelas famílias dos proprietários. Em um raio de aproximadamente cinco quilômetros, encontram-se vinícolas, paradas gastronômicas, trilhas ecológicas e uma paisagem formada por videiras e montanhas. O visitante também pode conferir pontos como a Cascata Bordin, com cerca de 100 metros de altura; o Campo Santo dos Imigrantes, primeiro patrimônio histórico cultural tombado de Flores da Cunha; a Capela São João Batista, construída em 1924; e o Mirante Gelain, instalado a 420 metros acima do vale do Rio das Antas, proporcionando um visual de tirar o fôlego. 

“Nós nascemos com o objetivo de ser uma rota diferente, no sentido de não oferecer apenas um tipo de atrativo. A ideia é que as pessoas vivenciem uma experiência que combine enoturismo, gastronomia e belezas naturais. É um passeio ideal para casais, pessoas maduras, famílias com crianças, pessoas que desejam curtir um momento de calmaria”, convida Edegar Scortegagna, presidente da Rota Caminhos do Alfredo – Enoturismo Rural.

A história do Travessão Alfredo Chaves remonta a 1884, com a chegada dos imigrantes que ali instalaram suas lavouras e moradias. Foi chamado inicialmente de Nova Veneza, em homenagem à cidade italiana. Já a denominação oficial foi dada pelo governo do Império Brasileiro como tributo a Alfredo Rodrigues Fernandes Chaves, engenheiro que, entre outros cargos públicos, foi ministro da Colonização.

A ideia de formatar uma rota turística na comunidade surgiu em 2018, com levantamento dos atrativos que poderiam participar e um encontro inicial dos idealizadores. Dali em diante, cada um fez seus investimentos para receber os visitantes. Entre os apoiadores, o Sebrae RS ofereceu capacitação profissional em turismo, a Sicredi Serrana entrou com patrocínio e fomento para abertura de crédito, enquanto a prefeitura de Flores da Cunha atuou na reforma da praça do Travessão Alfredo Chaves, liberação de alvarás e instalação de placas de sinalização.

Conforme Scortegagna, outro destaque dos Caminhos do Alfredo é o fato de todos os empreendimentos participantes serem geridos por jovens. “Eu e meus primos somos os mais velhos, na faixa dos 40 anos. O restante do pessoal é mais jovem. Isso deu muito gás para que desenvolvêssemos a rota. É claro que tem toda uma história por trás de cada empreendimento, tem o apoio dos pais dessa gurizada, que estão apostando na ideia, mas o importante é que todos permaneceram nas suas raízes, não houve êxodo. Estão trabalhando e investindo ali, valorizando a terra e os produtos na sua origem”, afirma.

Para a administração municipal, o lançamento dos Caminhos do Alfredo é considerado um importante passo na consolidação de Flores da Cunha como um dos principais destinos turísticos da Serra Gaúcha. O município, que ostenta o título de maior produtor de uvas e vinhos do Brasil (a safra 2017/2018 atingiu 101 milhões de quilos de uva e 120 milhões de litros de vinho), conta com mais de 500 leitos na rede hoteleira e projeta expansão para os próximos anos.

“Por meio de roteiros consolidados, de empreendimentos bem estruturados e da força da comunidade em prol do setor, Flores da Cunha vem obtendo destaque e é um dos destinos mais procurados da região em diferentes épocas do ano. Com os Caminhos do Alfredo, o município qualifica e incrementa sua oferta. O turismo é uma cadeia produtiva em rede, por essência, e quando novos atrativos se somam, multiplicamos os resultados”, avalia Tiago Mignoni, secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Serviços de Flores da Cunha.

Conheça os empreendimentos:

1 – Caldart Graspa Artesanal

Graspa e cultura local são os diferenciais da Sociedade de Bebidas Caldart. A elaboração da graspa e dos vinhos é uma tradição passada de geração em geração e, por isso, se tornou parte do memorial da Família Caldart. As visitações incluem degustação de graspa no varejo temático e muitas histórias do cotidiano da colônia. Um local relaxante, ao ar livre, para fugir dos grandes centros urbanos.

:: Atendimento: terça a sábado, das 9h às 17h; domingos somente com agendamento.

:: Mais informações: bebidascaldart@hotmail.com | (54) 3297-5289 e (54) 99966-7111.

2 – Paradouro do Suco

Parador do Suco com elevador panorâmico. Foto: Arthur Deboni

Local que oferece degustação de suco e harmonização com tábuas de frios e de doces, além de possuir uma área de lazer, com pergolado e música ao vivo. Também há passeio de caminhão personalizado; elevador com vista panorâmica para os vinhedos e para mais de cinco cidades; e mirante para descanso, com varejo dos produtos da Vinícola Malacarne. Um ponto exclusivo para se deliciar com o verdadeiro Suco de Uva Puro.

:: Visitação: sábados e domingos, das 13h30 às 19h00; durante a semana, mediante reserva.

:: Mais informações: www.paradourodosuco.com.br | paradourodosuco@gmail.com | (54) 3297-5080 e (54) 3297-5001.

3 – Vinhos Fabian

Fundada em 1985, é uma vinícola familiar que une a paixão pelo cultivo da uva e elaboração de vinhos. Localiza-se entre colinas de 780m de altitude, que proporcionam amplitude térmica para uma boa formação de componentes que determinam a qualidade do vinho. Em 2003, inseriu a produção de vinhos finos em seu catálogo. Investe constantemente em equipamentos modernos e aplica uma enologia com profissionalismo e dedicação, com o objetivo de extrair ao máximo as virtudes de cada variedade de uva à vinificar.

:: Visitação guiada: segunda a sexta, às 10h, 14h e 16h; aos domingos, às 15h30, sob agendamento.

:: Visita com degustação: de segunda a sexta, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 18h; sábados, das 9h às 12h; feriados, sob agendamento.

:: Mais informações: www.vinhosfabian.com.br | fabian@vinhosfabian.com.br | (54) 3296-1399 e (54) 99994-9033.

4 – Terrasul Vinhos Finos

Localizada no coração do Travessão Alfredo Chaves, em Flores da Cunha, ao lado da Capela São João Batista. Sediada no histórico prédio que abrigou a empresa Neo Costamilan, depois foi sede da Companhia Vinícola Rio-Grandense e foi adquirido pelo atual proprietário, Volmar José Salvador, em 1996. A repaginação do espaço buscou preservar as características originais, assim acomodar a tecnologia necessária para a melhoria da produção de vinhos.

:: Visitações e degustações: mediante agendamento.

:: Mais informações: www.vinhosterrasul.com.br | pedidos@vinhosterrasul.com.br | (54) 3297-5051 e (54) 99917-7774.

5 – Vinhos Viapiana

Destaca-se pela produção de vinhos e espumantes diferenciados de altíssima qualidade. Elaborados com cuidado em cada detalhe, surpreendem por saírem do óbvio. Viognier, Nebbiolo, Pinot Noir, vinho laranja, espumante tinto e espumantes com passagem em carvalho são alguns dos produtos que evidenciam a busca pelo novo, que orienta as ações da vinícola sem perder a essência da tradição da família, há mais de um século elaborando vinhos em Flores da Cunha. Conta ainda com o Gazoldo Trattoria, restaurante com menus que mudam a cada temporada.

:: Degustação no Wine Bar: segunda a sexta, das 9h às 17h; sábados, das 10h às 16h; domingos e feriados, das 10h às 14h. É possível pedir tábua de frios para acompanhar.

:: Visita com degustação: segunda a sábado, às 10h30 e às 15h; domingos e feriados, às 10h30.

:: Horários do restaurante: almoços de quinta a domingo, das 12h às 14h. Jantares exclusivos para grupos acima de 15 pessoas, mediante reserva.

:: Mais informações: www.vinhosviapiana.com.br | viapiana@vinhosviapiana.com.br | (54) 3297-5144 e (54) 99612-1986.

6 – Vinícola Bebber

A união entre a tradição familiar no setor vitivinícola e o caráter de inovação nasce com a nova geração da Bebber. Buscando o melhor de cada terroir no estado do Rio Grande Sul, a vinícola já mostrou que seus vinhos possuem identidade única. A proposta da Bebber é fazer vinhos que caiam no gosto do consumidor brasileiro, jovens, leves e elegantes. A vinícola disponibiliza visitas com degustações, além de um varejo para a compra de seus produtos.

:: Loja: segunda a domingo, das 10h às 17h.

:: Wine Bar: sexta a domingo, das 11h às 17h.

:: Degustação orientada: segunda a sexta, às 10h30, 14h e 16h; sábados e domingos, às 10h30, 11h30, 13h30 e 15h.

:: Mais informações: www.familiabebber.com.br | contato@familiabebber.com.br | (54) 3292-1945 e (54) 99935-1780.

7 – Vinícola Scortese

Criada em 2016, a Vinícola Scortese nasceu da necessidade dos seus sócios de processar a própria uva cultivada, transformando-a em uma linha de vinhos de mesa, finos, espumantes e suco de uva tinto e branco.

:: Atendimento comercial: segunda a sexta, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h30.

:: Mais informações: scortese@vinicolascortese.com.br | (54) 3297-5023.

8 – Gran Nero Presunto Cru

A primeira empresa de presunto cru do sul do Brasil é de Flores da Cunha. O produto é o resultado de quase uma década de pesquisas do enólogo Edegar Scortegagna que, junto com o sócio Elton Antunes, decidiu produzir no país uma de suas iguarias prediletas do tempo em que estudava na Itália. Comercializado em lojas especializadas de todo o Brasil, o presunto cru Gran Nero une a qualidade da matéria prima nacional com um sofisticado método de fabricação europeu.

:: Visitações: sob agendamento.

:: Mais informações: www.grannero.com.br | contato@grannero.com.br | (54) 3297-5175.

9 – Sucos Della Famiglia

Agroindústria familiar que surgiu em 2017, com o intuito de produzir um suco de uva tinto e branco saudável e diferenciado, 100% integral, para as crianças nas escolas e demais consumidores. São oferecidas visitas para conhecer o processo de produção dos sucos Della Famiglia, que revelam a alma da terra.

:: Visitações: sob agendamento.

:: Mais informações: alexandrescortegagna@terra.com.br | (54) 3297-5163 e (54) 92000-9908.

10 – Cantina Gelain

Um sonho realizado de Armindo Gelain, que depois de muitos anos de trabalho, teve sua primeira vindima em 1990. Com uma vista privilegiada, o empreendimento viu no turismo uma oportunidade de investir e receber o turista com visitações guiadas, espaço ao ar livre para descanso e restaurante para eventos para até 75 pessoas.

:: Visitações e eventos: sob agendamento.

:: Atendimento na vinícola e varejo: segunda a sexta, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h30.

:: Wine Bar: sábados e domingos, das 14h às 18h.

:: Mais informações: www.cantina-gelain.negocio.site | cantinagelain@hotmail.com | (54) 3297-5063 e (54) 99691-1220.

11 – Colônia Família Bordin

Foto: César Paludo

Propriedade de sete gerações da família Bordin, o empreendimento oferece o sossego necessário da vida urbana. Com trilhas ecológicas em meio à mata nativa da região, é possível desfrutar o melhor da natureza, em paz e harmonia, apreciando vistas exclusivas da Cascata Bordin e mirantes para o vale do Rio das Antas e os vinhedos da propriedade.

:: Atendimento: segunda a domingo, das 8h às 18h.

:: Trilha: necessário agendamento.

Mais informações: coloniafamiliabordin@gmail.com | (54) 99623-4080.

Essa matéria tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top