skip to Main Content

RS Moda na Fenin

De acordo com dados do Sindicato das Indústrias do Vestuário do Rio Grande do Sul (SIVERGS), a expectativa de negócios é de aproximadamente R$ 1,2 milhões

O RS MODA – Edição Inverno 2022, ocorre de 25 a 28 de janeiro, no Centro de Eventos Serra Park, em Gramado, dentro da FENIM Fashion. O RS Moda tem como propósito apresentar e comercializar para os varejistas de todo o país as coleções de marcas gaúchas feitas dentro do Projeto Feito no RS. Para o Sindicato das Indústrias do Vestuário do Rio Grande do Sul (SIVERGS), organizador da iniciativa, a expectativa de negócios é de aproximadamente R$ 1,2 milhões.  

 “Estamos muito animados com o retorno das feiras presenciais. A FENIN, como outras feiras, sempre foi um canal importantíssimo de vendas para nós, empreendedores do setor vestuário. Reúne em um só lugar compradores do nosso Rio Grande do Sul e de vários Estados do País, onde dificilmente teríamos condições de atender com representantes”, afirma Silvio Colombo, presidente do SIVERGS.  Além de incentivar as vendas, o RS Moda busca reconectar as pontas da cadeia de moda do Estado. “É mostrar o que a indústria gaúcha produz, pois para o lojista é mais fácil comprar em Minas Gerais, São Paulo ou Santa Catarina, por exemplo. Ele, às vezes, desconhece o que é feito no Estado”, afirma Dóris Spohr, diretora do SIVERGS e idealizadora da iniciativa.

Segundo ela, ainda, a produção do vestuário no Rio Grande do Sul têm muitos diferenciais, como a criatividade aplicada na confecção de produtos de extrema qualidade. Dóris reforça que é preciso dialogar para saber que um fabricante de um município aqui pode ajudar o de outra região do estado a crescer.  

A primeira edição do RS Moda ocorreu em julho de 2017 e reuniu dezenas de expositores no Barra Shopping Sul, na capital gaúcha. Já o último evento ocorreu durante a Fenin Fashion Gramado, em janeiro de 2021, com a participação de 12 empresas de confecções por meio de uma parceria do SIVERGS com a Expovest, o Sebrae-RS e Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur). No ano passado, foram comercializados cerca R$ 688 mil.

Para a próxima edição, pelo menos 24 empresas gaúchas estão credenciadas para expor e comercializar suas peças. São esperadas cerca de quatro mil pessoas nesta edição, sendo três mil lojistas.

Essa matéria tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top