skip to Main Content

Unidos pela Vacina avança e busca concluir pesquisas com municípios gaúchos até 30 de março

Objetivo da mobilização nacional é contribuir de diferentes formas para tornar viável a vacinação de todos os brasileiros até setembro de 2021

Tornar viável a vacinação de todos os brasileiros contra a Covid-19 até setembro de 2021. É com este propósito que o Movimento Unidos Pela Vacina, liderado pela empresária Luiza Helena Trajano e outros representantes do setor empresarial e de instituições da sociedade civil, está avançando em todo o Brasil. Mas para que este objetivo se torne realidade, os municípios precisam responder, através de seus gestores de saúde, a uma pesquisa listando as necessidades e apontando de que forma o movimento pode contribuir com aquela cidade.

Até o momento, mais da metade dos 5.570 municípios do Brasil já responderam a pesquisa. No Rio Grande do Sul, 65 municípios ainda não preencherem o estudo. O Movimento busca intensificar este trabalho para zerar a lista de cidades pendentes até dia 30 de março para, assim, avançar para as próximas etapas rumo à meta de vacinação.

Apartidário, o Movimento Unidos Pela Vacina pretende contribuir em diversas frentes de trabalho que farão interfaces com o Governo Federal, com os Estados, secretarias de saúde, municípios e meios de comunicação. O objetivo é retirar todos os entraves, de maneira que a vacina chegue o mais rápido possível a todos os cantos do Brasil.

Com uma agenda detalhada e bem distribuída de ações, mais de 400 pessoas, entre empresários, artistas, atletas, cientistas, representantes de entidades setoriais, de instituições, de comunidades e lideranças do Grupo Mulheres do Brasil estão trabalhando coordenadamente e engajados. O movimento já tem ações concretas, ajudará a identificar os gargalos da saúde e fazer as pontes necessárias entre as diferentes partes envolvidas.

“Estamos sendo uma ponte entre quem quer doar e as secretarias de saúde dos municípios. Em todos os Estados temos uma Mulher do Brasil e empresários engajados. Aqui no RS existe uma forte articulação empresarial para conseguirmos doadores e o direcionamento está sendo feito para o Instituto Cultural Floresta, que já tem todo um histórico de captação de recursos. Agora estamos fazendo uma força-tarefa para terminar os municípios que faltam responder a pesquisa, para assim seguirmos com as próximas etapas do movimento”, destaca Diéli Fontoura, líder do Unidos Pela Vacina RS.

Cadastro para ser parceiro

Qualquer um, pessoa física ou pessoa jurídica, pode entrar, cadastrar-se como doador para visualizar ou para adotar um município ou Estado. Doadores podem selecionar um município, um Estado, ou um item para colaborar. O cadastro pode ser feito pelo link https://unidospelavacina.miisy.com/login.

Empresas e entidades

Instituições, entidades, empresas, ONGs podem participar, entrando em contato pelo e-mail: rs@unidospelavacina.org.br

Estados e prefeituras

Entrar em contato pelo e-mail: prefeitura@grupomulheresdobrasil.org.br

Comunicação e Parcerias

Basta entrar em contato pelo e-mail: euapoio@unidospelavacina.org.br

Mais informações sobre o Movimento Unidos Pela Vacina, acesse https://www.unidospelavacina.org.br/

Siga o perfil no Instagram: @unidospelavacina

Essa matéria tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top