Edição Nº 523 - 08/12/2016

08/12/2016

Natal no Casa da Montanha

Natal no Casa da Montanha

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Rafael Peccin/Casa da Montanha

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Chegar em um quarto que mais parece a casa do Papai Noel e receber uma ligação do Bom Velhinho? Pode sim!

Todos já sabem que a época mais esperada e encantadora do ano é o Natal. O Hotel Casa da Montanha se prepara o ano todo para, durante este período, transformar o hotel na verdadeira casa do Papai Noel!

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Você sabia que no Casa da Montanha você pode proporcionar ao seu filho a experiência de se hospedar em um quarto que parece a Casa do Papai Noel e tornar a estadia dele mágica e inesquecível? Uma Suíte de Natal foi preparada para que fique igualzinha à casa do Bom Velhinho, pronta para receber sua família em qualquer época para viver um Sonho de Natal. Você pode contar no momento da reserva as preferências do seu filho e uma cartinha do Papai Noel escrita à punho estará esperando por ele, no check in, junto do Mascote do Casa da Montanha, o Tulipito. Ao chegar no apto uma grande surpresa! Uma ligação do Papai Noel fará seu filho ter a oportunidade de falar com o bom velhinho, fazer seus pedidos e realizar seus desejos.

 

Crédito: Casa da Montanha/divulgação

 

Além disso, o serviço de boa noite é especial e ao final da hospedagem ele poderá deixar uma cartinha para o Papai Noel e ainda ganhará o Certificado de Ajudante do Bom Velhinho. No mês de dezembro, como opcional,  um café da manhã exclusivo com o Papai Noel em seu escritório mágico de Natal!

 

Um bom dia colorido e cheio de magia com os Boticários da Montanha! Eles contam muitas histórias no café da manhã do hotel às segundas, quartas e sábados, das 9h às 10h. A palavra "Peboná" descreve essa turma, que significa PEnsamentos BOns NAscerão. Créditos: D'Arte Multiarte 

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Divulgação Casa da Montanha

 

Crédito: Tela Tomazeli

fenin

Câmara aprova Operação Urbana Consorciada

Câmara aprova Operação Urbana Consorciada

 
Na noite de segunda-feira (05), os vereadores aprovaram, de forma unânime, o projeto de Lei 028/2016 que institui a Operação Urbana Consorciada Planalto. 

A operação consorciada iniciou após um problema específico, porém ela é genérica abrangendo toda uma área territorial localizada no bairro Planalto (mapa anexo). Com isso, a comunidade que entender que seus imóveis possam ser objeto de alguma regulamentação devem aguardar um chamamento público a ser feito pelo Executivo Municipal, nos próximos dias, e apresentar a documentação solicitada junto a Prefeitura.  

Para votação da redação final do texto, na manhã de ontem (06), aconteceu Sessão Extraordinária. Na parte da tarde o projeto foi protocolado no Executivo para sanção e promulgação do Prefeito. 

Para entender o caso acesse este link. http://gramadomagazine.com.br/o-hotel-ja-estava-pronto-querendo-ou-nao-gerando-emprego-renda-e-sendo-mais-um-atrativo-turistico-para-o-municipio-e-inacreditavel

Projeto sobre Transporte Executivo é tema de reunião 


 Os vereadores Everton Michaelsen, Giovani Colorio, Ilton Gomes, Manu Caliari, Rafael Ronsoni e Rosi Ecker Schmitt, juntamente com a procuradora do Legislativo Paula Miranda, tiveram reunião na manhã de ontem (06), com o secretário de Trânsito e Mobilidade Urbana, André Castilhos dos Reis e com o procurador do município, Marcos Pons para tratar do projeto 031/2016 que dispõe sobre o serviço de transporte executivo e dá outras providências. O encontro aconteceu na Sala VIP do Legislativo Municipal. 

André iniciou explicando que a ideia é regulamentar o transporte executivo, bem como qualquer outra forma de transporte que se objetiva instalar em Gramado. Ele destacou que não há um número máximo de concessões de alvarás para esse tipo de trabalho, pois o que determinará tal fluxo será o próprio mercado. O Secretário afirmou ainda que a proposta vem sendo estudada pelo Executivo há dois anos e solicitou acostar aos documentos já entregues a Casa parecer favorável da DPM, órgão que faculta assessoramento jurídico a Prefeitura. “Nosso objetivo é que os que praticam o transporte hoje saiam da informalidade”, disse André. 

O parecer jurídico do IGAM, órgão que faculta assessoramento a Câmara Municipal e do departamento jurídico foram favoráveis, apenas sendo ressalvado a necessidade de que a tramitação deste projeto seja paralela a tramitação do projeto que altera o Código Tributário, protocolado hoje no Legislativo, bem como sugerindo audiência pública face a necessidade de demonstração de interesse da comunidade neste assunto. 

A audiência pública de discussão do projeto 031/2016 que dispõe sobre o serviço de transporte executivo e dá outras providências acontece no dia 13, próxima terça-feira, às 10h, no Plenário e será presidida pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação. Conteúdo: Renata Wagner / Câmara de Vereadores de Gramado

caza

Natal Luz: domingo tem Corrida e Caminhada do Noel

Natal Luz: domingo tem Corrida e Caminhada do Noel

Foto: Cleiton Thiele

O 31º Natal Luz prossegue em seus 80 dias de evento e apresenta no próximo final de semana mais uma atração em sua programação. A Corrida e Caminhada do Noel é o evento esportivo que faz parte do Natal Luz há cinco anos, e será realizada no próximo domingo, dia 11 de dezembro, a partir das 8h30min.

Como foi nas edições anteriores da Corrida e Caminhada do Noel os 500 noéis-atletas vão pintar as ruas e avenidas de Gramado com as cores do Natal, num momento festivo e de comemoração dentro do maior evento da cidade que é o Natal Luz de Gramado. Os participantes percorrem as ruas e avenidas trajando peças típicas do vestuário de Papai Noel em clima de festa do esporte. “O maior trecho passa pela Avenida Borges de Medeiros, passando depois por outras ruas da cidade”, conta Gilberto Bocalon da TH2 Eventos, organizadora a promoção.

O evento compreende as provas de corridas nas distâncias de 3 km, 6 km e 12 km, além da Corrida Kids e a festiva Caminhada do Noel de 3 km pela Borges de Medeiros. A Corrida Kids será no estacionamento da ExpoGramado. 

Continue lendo

Câmara concede Título de Cidadão Gramadense e Emérito

Na sessão ordinária do dia (05), os vereadores aprovaram, de forma unânime, os quatro projetos do Legislativo que concedem Títulos de Cidadão, um deles Gramadense e três Eméritos.

A Bancada do PP – Partido Progressista, formada pelos vereadores Giovani Colorio, Ilton Gomes, Marcos Lovatto, Rafael Ronsoni e Rosi Ecker Schmitt apresentou projeto de lei onde objetivavam conceder a Claúdio Inácio Scherer o Título de Cidadão Gramadense, homenagem dada a pessoa que não é natural de Gramado, mas que adota a cidade e por ela faz um excelente trabalho e, a Maristela Tomazeli o Título de Cidadã Emérita, honraria concedida a pessoa nascida na cidade que muito fez pelo progresso do município. A Bancada do PMDB, formada pelos vereadores Everton Michaelsen e João Teixeira propôs a homenagem a Alsindo Altreiter. A Bancada do PSDB, formada pelo vereador Celso Fioreze prestará a homenagem com a concessão do Título de Cidadã Gramadense a Marta Rossi.

As honrarias serão concedidas na Sessão Solene do dia 15 de dezembro, que terá início às 19h30min e acontecerá no Plenário Julio Floriano Petersen.

Continue lendo
prawer

Gramadozoo recebe casal de pinguins

Gramadozoo recebe casal de pinguins

Crédito: Halder Ramos

 

Um casal de pinguins-de-magalhães ganhou vida nova no Gramadozoo. Os animais foram resgatados em Florianópolis e chegaram ao parque da Serra Gaúcha na noite de sexta-feira, 25. Após breve período na área de quarentena, o romântico casal foi levado a um pinguinário climatizado e com enriquecimento ambiental necessário para garantir o bem-estar das aves.

 

Crédito: Halder Ramos

 

Além de carismáticos, os pinguins-de-magalhães são aves monogâmicas, ou seja, formam casais para a vida toda. Agora, as aves resgatadas em Santa Catarina poderão viver todo seu amor no Gramadozoo. O parque foi pioneiro na reprodução da espécie em cativeiro. 

O veterinário Renan Alves Stadler, responsável técnico do Gramadozoo, explica que os animais chegaram bastante debilitados ao litoral catarinense e, em função de serem dóceis pelo tempo de tratamento, não podem mais ser soltos na natureza. Segundo Stadler, o pinguim mais velho foi resgatado no começo do ano pela ONG R3 Animal. O mais jovem chegou faz três meses e os dois formaram casal. “Após a recuperação do mais velho, ele se tornou o doador de sangue oficial. Era um animal muito tranquilo. Os outros pinguins que receberam seu sangue foram soltos. Devido ao histórico de doação e mansidão, eles não podem voltar à vida livre”, afirma o veterinário.

 

Crédito: Halder Ramos

 

Conforme Stadler, a principal ameaça para a espécie é a ação humana nos mares. “O lixo jogado nas praias, as redes de pesca, o derramamento de óleo e a falta de alimento no mar são as principais causas de internação. Os animais chegam debilitados, anêmicos, petrolizados e machucados”, alerta. 

 

Crédito: Halder Ramos

 

Viagem até Gramado

O transporte dos animais até o Gramadozoo foi repleto de cuidados especiais. Para minimizar o estresse de uma viagem de 500 quilômetros de Florianópolis até Gramado, a equipe técnica do zoo realizava paradas estratégicas para verificar as condições das aves. Os animais também recebiam hidratação por sonda a cada 2h30. O grupo partiu de Florianópolis no começo da tarde, por volta das 13h30, e chegou à Serra Gaúcha por volta das 21h. Após quase oito horas de viagem, eles foram colocados na área de quarentena do zoo. Em perfeitas condições de saúde, o casal foi levado ao pinguinário do zoo nesta semana e pode ser observado pelos visitantes.  O Gramadozoo fica no Km-35 da ERS-115 e funciona diariamente das 9h às 17h. 

 

Crédito: Halder Ramos

galangal

Empresa que participou da Licitação do Natal Luz afirma que não desistiu da Licitação

Esta semana vamos conversar com a arquiteta Sueli Pereira, proprietária da empresa Integração de Serviços – Arquitetura e Construçõe,s sobre a licitação do Natal Luz 2016, no quese refere a montagem da decoração. O mesmo conteúdo segue para João Pedro Till, presidente da GramadoTur, para dar sua versão sobre os  fatos.

Vamos tentar entender o que se passou, segundo informações da empresa Integração de Serviços:

A empresa de São Paulo entrou com recurso contra a primeira empresa, de Porto Alegre. O ‘pregoeiro’ disse que atrasaria a decoração se recorresse. A empresa de São Paulo alertou que a Gramadotur deveria ter previsto o período de recurso. O recurso foi feito pela falta do item decoração no objeto social da empresa de Porto Alegre. 

A empresa de Porto Alegre, que ganhou a licitação não apresentou defesa. Desta forma, a empresa Integração de Serviços, que está abrindo filial em Gramado, hoje com sede no Rio de Janeiro, passou automaticamente a ser a indicada. Porém, foi questionado pela empresa de São Paulo, que havia ficado em terceiro lugar, o fato de a Integração de Serviços não ter engenheiro, o que foi refutado, pois segundo consta, o edital aceita arquiteto.

A empresa Integração de Serviços não foi chamada, ficou sabendo pelas redes sociais que havia ‘desistido’.

Existe uma carta onde a empresa de Porto Alegre, vencedora da licitação, afirma que nem ela, nem as outras empresas teriam condições de cumprir com o prazo e o valor financeiro estipulado, pois foi detectado um erro na planilha orçamentária.

A empresa Integração de Serviços recebeu a carta dia 26 de outubro, datada de 25 de outubro, onde o Pregoeiro e o Engenheiro da Gramadotur recomendam a anulação da licitação, devido a carta da empresa que venceu a licitação. Porém, no dia 24 (data da carta) a empresa do Paraná que montou a decoração, e havia sido desclassificada  na licitação, com um valor de R$ 2.500.000,00 , já havia sido contratada para executar o serviço.

Tomada por esta informação, a empresa Integração de Serviços fez contato com o Pregoeiro Ismael e teve como resposta que havia acontecido um erro irreparável, segundo informa Sueli Pereira.

Atenha-se a data que foi feita a Licitação e o Pregão.

 

---

 

Bem daqui para diante vamos fazer alguns questionamentos:

gramadomagazine.com.br: A empresa Integração de Serviços desistiu da licitação para montagem da decoração do Natal Luz 2016?

Sueli Pereira l Integração de Serviços - Arquitetura e Construções: Não desistimos, pelo contrário, entramos em contato imediatamente com o pregoeiro e questionamos porque não fomos chamados para execução do objeto, pois demos o preço de acordo com o memorial descritivo e analisamos muito bem o memorial, tínhamos ciência de todos os itens, demos um preço por empreitada global; e ainda informamos ao pregoeiro Ismael que a lei das licitações prevê aditivos e supressões exatamente para casos excepcionais não previstos que por vezes ocorrem. Mesmo com todos os meus argumentos, o pregoeiro disse que foram erros impossíveis de serem sanados dessa maneira, e que tiveram que contratar uma empresa emergencialmente. Por coincidência era a empresa que havia sido desclassificada durante o pregão, por ter ofertado um preço maior. Ainda assim questionei qual o critério utilizado para escolha da empresa, mas o mesmo não sabia informar, afirmou ser fora de sua alçada!

---

gmEm que data foi aberta a licitação para a montagem de decoração do Natal Luz de Gramado?

SPA publicação do edital ocorreu em 23/09/2016

---

gm: Em que data aconteceu a licitação?

SP: O pregão presencial ocorreu em 07/10/2016

---

gmQuantas empresas participaram, o nome e qual foi o teto financeiro dado pela Gramadotur?

SP: 4 empresas participaram do certame, o lance máximo aceitável era de R$ 2 milhões.

---

gm: Qual foi o resultado da licitação e posterior do pregão?

SP: Inicialmente, ao abrir os envelopes, o melhor preço era o da empresa de Porto Alegre, em segundo lugar a empresa de São Paulo, em terceiro lugar a nossa empresa do Rio de Janeiro (mas que está em processo de mudança para Gramado), e a que não pode participar pelo preço excessivo, a empresa do Paraná.

Após a etapa de Lances, a Empresa de Porto Alegre permaneceu em primeiro lugar sempre ofertando o menor preço, nossa empresa ficou em segundo lugar e a empresa de São Paulo em terceoro lugar.

---

gm: Qual o motivo da desistência de cada empresa, se é que houve?

SP: Apenas sabemos que a primeira colocada desistiu (empresa de Porto Alegre), tivemos acesso a carta publicada inclusive no site da Gramadotur.  Nesta carta, a empresa de Porto Alegre, alega que por conta do recurso aberto  pela empresa de São Paulo, por ter se passado mais de 12 dias da abertura do recurso sem decisão do mesmo, a empresa não poderia cumprir o cronograma. Alega ainda a empresa de Porto Alegre que analisou melhor o memorial descritivo nesse período e constatou um equívoco insanável nos quantitativos citados no cronograma e, dessa forma, ela informa na carta que nenhuma empresa que participou da licitação poderia cumprir com o cronograma e considera justo o motivo para revogação do edital.

Ainda afirma que realizou reuniões com a empresa responsável pelo projeto cenográfico e com o responsável pelo projeto de iluminação dia 08/10 e que procuraram os fornecedores indicados pelo responsável pelo projeto cenográfico e tais fornecedores informaram que seria impossível cumprir os prazos e valores.

A empresa de Porto Alegre ainda ratificou que dia 14/10 se reuniu com o presidente da Gramadotur, O Sr João Pedro Till, com o financeiro o Sr.  Alfredo Antônio Galafassi, com o Sr. Enzo Arns (fiscalizador do contrato)  e a Sra Monica Henrique Cardoso (Procuradora do Municipio).

A empresa ainda afirmou que os fornecedores não teriam materiais para pronta entrega, alegando que com isso nenhuma das outras empresas poderiam atender a demanda do Natal Luz. E dessa maneira pede a Revogação do Edital. 

---

gmA primeira empresa, que ganhou a licitação teve reunião com a direção da Gramadotur e a direção artística do Natal Luz logo após a licitação/Pregão. Por lei isto é proibido. Foi então, através destas duas reuniões que descobriu que haviam equívocos na planilha orçamentaria. Que erros foram estes e o que representa financeiramente?

SP: A empresa, de acordo com a lei, tem do dia da publicação do edital até três dias úteis anteriores à data fixada para abertura da sessão pública para fazer pedidos de esclarecimentos referentes ao processo licitatório e 2 dias úteis para pedir impugnação (utilizado termo revogação na carta da empresa de Porto Alegre) do edital, após esse período a empresa não tinha mais direito algum de avaliar ou reavaliar memorial descritivo ou se reunir com a comissão para sanar dúvidas e pedir revogação.

Essa lei existe exatamente para que se forem detectados erros possam ser sanados antes da licitação e o edital possa ser republicado.

Em nenhum momento a Gramadotur explicou que erros foram esses que justificou a revogação do edital. Até porque a Gramadotur não disponibilizou planilha orçamentária com quantitativo de itens, cada empresa que deveria ter feito análise apurada e ter levantado o quantitativo através do memorial descritivo que estava bem detalhado.

E pelo que a empresa escreve ainda na sua carta, ela constatou tais erros orçando os preços e vendo o prazo de entrega com os fornecedores indicados pelos projetistas da Gramadotur, após a licitação, o que é outro equívoco, visto que no processo licitatório do órgão público não se pode dar preferência a um fornecedor especifico, nem especificar marca e deve ser admitido similaridade ainda mais que o preço obtido pelo órgão público deve ter sido obtido através de índices de preços de mercado que comparam o preço de 3 ou mais fornecedores.

E foi através desse orçamento apurado, orçando com vários fornecedores da região e redondezas que a Integração pode ofertar o preço que ofertou para ter ficado em 2º lugar e teria plenas condições de atender todos os aspectos do edital, memorial e projeto, sem onerar mais ainda os cofres públicos.

Da forma como foi colocado pela empresa, só existia 1 fornecedor para cada item e o preço era alto a pagar, por causa do prazo e por algum erro nos quantitativos, e por isso a licitação deveria ser revogada.

Mas, o teto da Gramadotur para essa licitação que era de R$ 2 milhões, se verificarmos no portal transparência, somando-se os três contratos supera R$ 2,4 milhões, sendo que o desconto ofertado pela nossa empresa sobre os R$ 2 milhões era superior a 10% do valor. Isso representa aproximadamente R$ 600 mil gasto a mais, sem uma explicação plausível! 

---

gm: Existe uma Ata deste pregão? Vocês tiveram acesso a ela?

SP: Deveria existir a ata do pregão, mas nossa empresa não a recebeu, como normalmente ao final das outras licitações, e não consta essa ata publicada no site, assinada por todos os licitantes como os demais documentos inerentes a essa licitação constam.

---

gm: É verdade que a Gramadotur não exige atestado de capacitação da empresa que se apresenta na licitação?

SP: Apesar do Art. 9º da LEI No 10.520, DE 17 DE JULHO DE 2002 que refere-se a pregões presenciais deixar claro que aplicam-se subsidiariamente, para a modalidade de pregão, as normas da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993 em nenhuma licitação a Gramadotur exige atestado de capacidade técnica, e o artigo 30 da lei 8666 diz que deve haver comprovação do licitante de possuir em seu quadro permanente, na data prevista para entrega da proposta, profissional de nível superior ou outro devidamente reconhecido pela entidade competente, detentor de atestado de responsabilidade técnica por execução de obra ou serviço de características semelhantes, limitadas estas exclusivamente às parcelas de maior relevância e valor significativo do objeto da licitação, vedadas as exigências de quantidades mínimas ou prazos máximos;


Veja os documentos enviados pela empresa, clique Continue Lendo!

Continue lendo

A resposta da do presidente da Gramadotur, João Pedro Till, sobre a entrevista enviada a autarquia

ter 06/12/2016 14:16

Prezada Tela Tomazeli,

Acusamos o recebimento de seu e-mail e informamos que o mencionado processo seguiu regular e legal processo licitatório, razão pela qual encaminhamos-lhe o link do processo, diga-se público, para seu conhecimento, salientando-se que está no site da Gramadotur disponível para qualquer cidadão, assim como disponibilizado no licitacon, do Tribunal e Conta do Rio Grande do Sul.

Obrigada e um forte abraço,

João Pedro Till

Presidente

GRAMADOTUR

 

De: Tela [mailto:tela@telatomazeli.com.br]
Enviada em: terça-feira, 6 de dezembro de 2016 10:08
Para: presidencia@gramadotur.net.br; enzo.arns@gramadotur.net.br; 'Tela' <tela@telatomazeli.com.br>
Assunto: Entrevista

 

Prezados João Pedro e Enzo,

Estou lhes dirigindo uma entrevista que se refere a licitação para decoração e elétrica do Natal Luz 2016/17.

Entrevistei a empresa que afirma não ter desistido da licitação e, segue o mesmo questionamento para resposta de vocês. Inclusive podem enviar copia de documentos se considerarem pertinente, pois os tenho e vou publicar de parte da empresa.

Necessito uma resposta até esta quarta-feira ao meio dia, para edição, pois quero colocar as duas versões sobre o assunto.

Grata e um abraço

Tela

Ata de abertura e julgamento de propostas da Licitação da decoração e elétrica do Natal Luz 2016/17

Buscamos no link indicado pelo presidente da Gramadotur, João Pedro Till, a Ata. Porém, segundo argumenta a ampresa Integração de Serviços - Arquitetura e Construções, uma empresa havia sido desclassificada na licitação, com um valor de R$ 2.500.000,00. Isso não deveria constar na Ata?

Continue lendo

Parecer Jurídico de Revogação

Contrarrazão ao Recurso Pregão

Acesse as publicações da GramadoTur relacionadas a Licitação

 

PREGÃO 049/2016 – DECORAÇÃO E ILUMINAÇÃO URBANA 31° NATAL LUZ

Publicado por: 

Icon of PR 049 Decoração E Iluminação Urbana Natal Luz PR 049 Decoração E Iluminação Urbana Natal Luz (110.1 KiB)

Icon of Memorial Descritivo Decoração E Iluminação Urbana Memorial Descritivo Decoração E Iluminação Urbana (67.5 MiB)

Icon of CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO (97.8 KiB)

Icon of Decreto 042.16 - Dispõe Sobre Os Critérios Para Montagem E Desmontagens Dos Eventos No Município De Gramado Decreto 042.16 – Dispõe Sobre Os Critérios Para Montagem E Desmontagens Dos Eventos No Município De Gramado (109.0 KiB)

Icon of ATA ABERTURA E JULGAMENTO DE PROPOSTAS ATA ABERTURA E JULGAMENTO DE PROPOSTAS (145.3 KiB) publicado acima

Icon of RAZÕES DE RECURSO R  DE S  ALVES ME RAZÕES DE RECURSO R DE S ALVES ME (2.1 MiB) publicado acima

Icon of CONTRARRAZÕES ISCC CONTRARRAZÕES ISCC (166.5 KiB) publicado acima

Icon of Requerimento Assinado Requerimento Assinado (1018.5 KiB)

Icon of MANIFESTAÇÃO PREGOEIRO MANIFESTAÇÃO PREGOEIRO (162.9 KiB)

Icon of ESCLARECIMENTOS ENGENHARIA ESCLARECIMENTOS ENGENHARIA (60.3 KiB)

Icon of PARECER JURÍDICO REVOGAÇÃO PARECER JURÍDICO REVOGAÇÃO (360.6 KiB)

Icon of AVISO DE REVOGAÇÃO AVISO DE REVOGAÇÃO (19.0 KiB)

http://gramadotur.net.br/pregao-0492016-decoracao-e-iluminacao-urbana-31-natal-luz/

unimed

Salton apresenta novo Paradoxo Brut

Salton apresenta novo Paradoxo Brut

Crédito: Divulgação

O contraste inspirador na elaboração da linha Paradoxo, utilizando uvas da Campanha e da Serra gaúchas, ganha uma versão sofisticada para o espumante da série. O produto chega ao mercado em nova composição, produzido a partir de uvas Sauvignon Blanc, Chardonnay, Viognier e Prosecco. A estrutura requintada do Salton Paradoxo Brut é acompanhada pelo novo rótulo, moderno, que acompanha as curvas da garrafa em formato de sino. 

“A combinação de uvas da Campanha e da Serra do Rio Grande do Sul propiciam um sabor sofisticado, evocando momentos festivos e descontraídos. A complexa trama de aromas é representada pelos seus refinados toques florais em combinação com as abundantes frutas brancas e tropicais”, explica a diretora executiva da vinícola, Luciana Salton. “As alterações no rótulo comunicam as mudanças no sabor, ainda mais elegante”, completa.

Com enfoque no canal on-trade, como restaurantes, bares e casas noturnas, o espumante de rótulo preto e detalhes em dourado, é brilhante e de delicada coloração amarela esverdeada, com um intenso desprendimento de finas borbulhas. Os aromas frutados e a acidez refrescante combinam com queijos leves, pratos com frutos do mar, risotos com vegetais, ou, simplesmente, como aperitivo. Conteúdo: Cris De Luca
 

Porto Alegre recebe a 1° Maratona Aquática 

Porto Alegre recebe a 1° Maratona Aquática 

Crédito: Ricardo Giusti, da Prefeitura Municipal de Porto Alegre.


 

Evento marca volta do RS ao circuito nacional do esporte
 
A 1° Maratona Aquática de Porto Alegre acontece na capital em 10 de dezembro, promovendo a modalidade de águas abertas e valorizando a atividade para atletas, amantes do esporte aquático e todo o público da capital. O evento ocorre após a inclusão da Maratona no Calendário Oficial de atividades da Prefeitura, conquista da Federação Gaúcha de Desportos Aquáticos em 2016. De acordo com o Presidente da FGDA, Mauro Quadros, a maratona é um acontecimento estratégico para colocar o Rio Grande do Sul de volta ao circuito nacional do esporte.
Com inscrições abertas até o dia 8 de dezembro, a 1° Maratona Aquática de Porto Alegre ocorre no sábado (10), na raia de remo da lha do Pavão, com credenciamento marcado para 7h30min. Com tradição nos esportes aquáticos, o Rio Grande do Sul é o estado com maior número de campeões nas últimas competições nacionais. Despertando o interesse de atletas de países vizinhos, como Argentina e Uruguai, a maratona representa um primeiro passo para a projeção nacional e internacional do Rio Grande do Sul como referência nesta prática.

Continue lendo

Funcionários da Fundação Zoobotânica RS esclarecem população sobre importância da entidade

Funcionários da Fundação Zoobotânica RS esclarecem população sobre importância da entidade


A Associação de Funcionários da Fundação Zoobotânica (FZB) do Rio Grande do Sul  fortalece sua mobilização contra a extinção da entidade proposta pelo Governo Sartori  por meio do Projeto de Lei 246, que deverá ser votado pela Assembleia ainda em 2016.  

Entre as atividades previstas para esta semana, estão programadas visitas a deputados para esclarecimento e busca de apoio ao movimento. O grupo está mobilizado também para ações nas redes sociais, informando a população sobre a importância da fundação. “Sempre que informado, o público em geral se posiciona veementemente contra a extinção da FZB.

No entanto percebemos que há muito desconhecimento sobre o real trabalho aqui desenvolvido.  Jardim Botânico, Parque Zoológico e Museu de Ciências Naturais são espaços que atraem público, mas a atuação da Fundação vai muito além desses espaços de visitação”, alerta Josy Matos, presidente da associação dos funcionários da Fundação Zoobotânica.

Domingo, dia 11 de dezembro,  das 14 às 19h, será realizado um evento  aberto ao público, na rua Salvador França, em frente ao Jardim Botânico, com a apresentação de vários artistas de Porto Alegre e atividades paralelas direcionadas a diferentes faixas etárias. A promoção é do Instituto Curicaca, uma das inúmeras instituições que defendem a não extinção da FZB.

Foi criada uma petição pública online para coletar assinaturas da população contra a extinção da FZB. Para assinar, http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR83639

Família Piangers lança livro de Natal em Canela

Família Piangers lança livro de Natal em Canela

Na foto é o Piagners e familia. Foto de Alecsander Portílio/divulgação

 

O Natal no Brasil não tem nada a ver com aquelas imagens de frio e neve que vemos nos filmes. Natal aqui é festa, é calor, criança correndo sem roupa, cachorro derrubando árvore, papai noel ensopado de suor e um clima de euforia que dura até o carnaval. Bem neste clima, Ana Cardoso, autora do best seller A Mamãe é Rock, que esteve por dez semanas entre os 10 mais vendidos do Brasil, lança seu segundo livro de crônicas - Natal, Férias e Outras Histórias, junto a família completa - inclusive a sogra Eloisa Piangers.

Continue lendo
nspf