skip to Main Content

Gramado Canela Convention Visitors Bureau, junto de outras três entidades setoriais, lança a Contribuição Espontânea ao Turismo (CET)

A contribuição não é obrigatória, mas convida o visitante a se envolver ativamente na manutenção e nas melhorias do turismo na Região das Hortênsias enquanto concorre a prêmios. Trabalhadores do setor também participam de sorteios por explicarem aos viajantes as vantagens da CET. Fonte: Jornalista Rozangela Alves /Melhor do Sul

 

Recém lançada entre entidades de classe empresariais da região de Gramado e Canela, a Contribuição Espontânea ao Turismo (CET) busca concretizar o desenvolvimento sustentável e qualificado do turismo na Região das Hortênsias. A iniciativa partiu de quatro nomes de peso do setor: a Associação Comercial Industrial de Canela, o CDL Gramado, o Sindtur Serra Gaúcha e o Gramado Canela Convention & Visitors Bureau Região das Hortênsias.

O recebimento da contribuição iniciou-se em 20 de maio passado e já arrecadou perto de R$ 4 mil, valor oriundo de apenas 19 estabelecimentos cadastrados, gerando mais de 1,5 mil cupons. Cerca de 1,3 mil turistas já contribuíram com valores entre R$ 1 e R$ 2,5 neste período. Em retribuição à doação voluntária dos visitantes, tal como o trabalho ativo dos colaboradores da cadeia de turismo, que explicam as vantagens da CET, são realizadas premiações diárias. Desde a data, 40 turistas foram agraciados com vouchers e 40 estabelecimentos também os ganharam. Os prêmios variam de jantares, passeios, ingressos, hospedagem, cestas de produtos, entre outros.

Estimativa de arrecadação – “A solução que a Contribuição Espontânea ao Turismo oferece agora para Gramado e Canela pode ser estendida para qualquer uma das cidades do núcleo das Hortências. Ela representa o futuro da arrecadação específica para investimentos no trade turístico profissional”, reforça Luciano Gonçalves, diretor executivo do Gramado Canela Convention & Visitors Bureau Região das Hortênsias. Em breve, a entidade pretende levar a Nova Petrópolis, São Francisco de Paula e Picada Café a mesma possibilidade para ser avaliada localmente. A estimativa de arrecadação para Gramado é de R$ 9 milhões e, para Canela, é de R$ 4,9 milhões, ambos valores
anuais e para quando o projeto estiver operando a pleno e também dependendo diretamente da ampliação da cadeia de parceiros envolvidos.

“Os turistas acham muito mais simpático contribuir sem obrigação do que de forma compulsória, pois todos notam o quanto nossas cidades e comunidades são empenhadas com o turismo de qualidade”, defende Luciano.

As entidades realizarão assembleias deliberativas para definir as ações que serão desempenhadas através dos recursos alcançados. Por exemplo, se há demanda para cursos de línguas para a mão de obra do segmento hoteleiro, parte do valor pode ser investindo em patrocínios integrais ou parciais destes estudos. No site www.cet.tur.br há informações extras do projeto.

A cadeia de empresas participantes – hotéis, pousadas, restaurantes, bares, lojas, varejos, parques e atrativos – também deve crescer nos próximos meses, contudo, como é uma novidade e demanda treinamento de equipes de frente de venda, caixa e atendimento, será necessário certo tempo, de um ano a um ano e meio.

Em tempo: Moradores das cidades onde o CET já vem sendo recebido também concorrem aos prêmios, desde que doem dentro dos valores estabelecido. Imagem Ilustrativa. Crédito Tela Tomazeli

Valores da Contribuição Espontânea ao Turismo (CET) por setor
R$ 1 por venda acima de R$30 (comércio)
R$ 2 por comanda (gastronomia)
R$ 2 por atração ou entrada (parques e museus)
R$ 2,5 por diária (hotelaria)

Essa matéria tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top