skip to Main Content

MULHERES LUSO

Rita Gil recebe o Troféu Mulheres Luso – Brasileiras 2022

Ademir Alves e Rita Gil. Foto Divulgação

Artista visual e ativista cultural, tem seu atelier em Gramado, com 35 anos dedicados à arte e estudos sobre a  cultura regional, principalmente as ligadas a colonização portuguesa na região das hortênsias, estudos esses expressos em pinturas e esculturas. Rita é uma das sócias fundadoras e participa das atividades do Centro Luso-açoriano Região das Hortênsias e Casa Portuguesa de Gramado, como sócia fundadora e colaboradora cultural.

Recentemente ecebeu uma homenagem especial do (ICP) Instituto Cultural Português, um importante reconhecimento por seu trabalho na comunidade luso açoriana, na cerimonia foi oferecido o Troféu Mulheres Luso-Brasileiras 2022 criado pelo escultor Sebastian Santiago Cladera.

Foram destacadas 10 importantes mulheres que fazem a diferença no cenário nacional, estadual e municipal,  autoridades, executivas, líderes, empreendedoras, professoras, artistas e guerreiras da cultura e do turismo gaúcho e luso-açoriano. O evento denominado Troféu Mulheres Luso- Brasileiras 2022, aconteceu dia 21 de março, mês das mulheres, no espaço Plenário Ana Terra, na sede da Câmara Municipal de Porto Alegre

O Instituto Cultural Português foi fundado há  43 anos em Porto Alegre e com amplo trabalho junto aos municípios que valorizam a presença luso-açoriana no Rio Grande do Sul , sob a liderança  da presidente  Lenora Horn Schneider e João  Riel de Oliveira  Brito vem destacando as ações  dos 270 anos do povoamento açoriano  no Rio Grande do Sul neste ano de 2022.

Essa matéria tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top