skip to Main Content

HOSPEDAGEM – Rede Swan lança operação em Canela

Rede Swan hotéis comemora 29 anos lançando nova unidade, a primeira na cidade de Canela (RS)

Empresa com cinco hotéis business no Sul do Brasil e quatro hotéis signature em Portugal, lança ainda no primeiro semestre de 2022 o Jangal das Araucárias, focado no turismo de luxo e no contato com a natureza.

Hoje, dia 6 de abril, quarta-feira, a rede Swan Hotéis chega aos 29 anos e, para marcar a data, vai lançar ainda neste primeiro semestre o Jangal das Araucárias, primeiro hotel de turismo de luxo, contemplação e lazer da rede no Brasil e também o primeiro na cidade de Canela (RS), uma das mais preservadas da Região das Hortênsias. 

História – Fundada em 1993 pelo casal Carlito e Chirley Schwan, a unidade pioneira da rede fica em Novo Hamburgo (RS), onde ambos perceberam a necessidade de um hotel de alto padrão para os empresários do segmento do couro e do calçado, trade que sustenta a economia do Vale do Sinos. Muitos viajantes decidiam se hospedar a 45km de distância, em Porto Alegre (RS), por falta de opções de qualidade locais.  

Anos depois, a rede foi aumentando de tamanho com o suporte e confiança de investidores, sempre focada no perfil de viajante business e em cidades gaúchas com grande fluxo de negócios. Caxias do Sul, Rio Grande e a capital do Estado ganharam unidades Swan Hotéis, sendo que em Porto Alegre são dois endereços. Diante de uma ocasião favorável, a empresa expandiu para Portugal, quando passou a operar três casarões históricos em Sintra e um em Lisboa, o que elevou a rede ao patamar de única empresa de hospitalidade luso-brasileira com matriz no Rio Grande do Sul. 

Renovação – CEO desde janeiro de 2020, Gabriela Schwan é da segunda geração da família fundadora e hoteleira desde o nascimento. Enfrentou a pandemia como primeiro desafio de gestão. A rede não fechou as portas em nenhum momento em respeito aos hóspedes que não podiam voltar para suas cidades de origem ou para atender pessoas em situações demandatárias de isolamento. Mesmo num cenário incerto, Gabriela reuniu investidores para remodelar e ressignificar uma duas unidades porto-alegrenses, o Swan Molinos, que passou a se chamar Swan Generation. O nome novo é a menor parcela desta verdadeira transformação. O Generation é baseado em collabs com outras marcas e propicia hospedagem e networking por meio de três modelos de receptivo: hotelaria, coliving e coworking. Seu público de referência são os nômades digitais, que não têm moradia e nem endereço fixo: escolhem locais para viver temporariamente, executando seus trabalhos de forma remota ou até mesmo temporária. O próximo lançamento previsto, depois da abertura do Jangal das Araucárias, será mais uma casa em solo portugues, só que voltada para short term rental

Essa matéria tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top