skip to Main Content

Direito de resposta

Por ter sido citado em matéria da Prefeitura Municipal, publicada acima, cedemos ao ex-secretário de Administração de Gramado, Júlio Dorneles, direito de manifestação.

Prezada Tela Tomazeli: Agradeço pela oportunidade de manifestar bem relação à nota expedida pela comunicação oficial da Prefeitura.

(1) Me cumpre em primeiro lugar lamentar que pessoal e recursos públicos, pagos com nossos tributos sejam utilizados para se fazer quase que exclusivamente política negativa.

(2) Quanto ao conteúdo da nota em si, novamente o autor ou os autores confundem resultados meramente ORÇAMENTÁRIOS com resultados financeiros. Os números que divulguei em minha página pessoal em rede social são matéria financeira e estão auditados e publicados pelo TCERS. Comprovam que entregamos nossa gestão. 31/12/2020 com SUPERÁVIT FINANCEIRO E COM DISPONIBILIDADE FINANCEIRA. O autor ou os autores da nota emitida pela Prefeitura ou desconhecem a diferença por absoluta ignorância ou agem de má fé.

(3) A infame nota apresenta um print do BALANÇO ORÇAMENTÁRIO 2020 e um déficit orçamentário, logo, não déficit financeiro. Isso ocorreu, como todos que detém o mínimo conhecimento de Administração Pública e Orçamento Público em razão de que a receita projetada para 2020 não se realizou. E não se realizou por quê? Como todos sabem, pelo impacto econômico da Pandemia Covid, que chegou ao Município de Gramado em março de 2020. A Pandemia nos impediu de realizar a receita prevista no Orçamento 2020 (o qual foi elaborado em outubro de 2019 quando ninguém tinha ideia sequer do que seria a Pandemia). Portanto, só me resta lamentar o uso político e os ataques pessoais (que serão matéria de outro processo). Lamentavelmente a atual administração tem se especializada em difundir fake news como está e como aquela ainda do período eleitoral em que o então candidato disse que compraria vacinas para todos os gramadenses.

Nossa administração deixou, repito, superávit financeiro e uma grande disponibilidade financeira comprovada no relatório enviado ao TCERS em 26/01/2021.

Os números estão no link que segue anexo e estão disponíveis no site do TCE RS.

Essa matéria tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top