skip to Main Content

Gramado: A Administração Municipal quer a abertura das contas do Hospital São Miguel. Hospital ameaça fechar a UTI

 
 
Prefeitura de Gramado – Página Facebook
5 h

POSICIONAMENTO SOBRE O SUPOSTO FECHAMENTO DA UTI DO HOSPITAL SÃO MIGUEL

O Hospital Arcanjo São Miguel foi construído pela comunidade gramadense. Ele surgiu do empenho das famílias da cidade e assim também foi com suas ampliações e a construção de sua UTI.

Hoje cabe à Prefeitura destacar que, justamente por entender que o Arcanjo São Miguel deve manter portas sempre abertas à comunidade gramadense, anualmente, o município repassa quantias vultuosas à casa, como em 2015, quando o valor repassado ao HASM foi de R$ 238.650,23 mensais, totalizando um investimento anual de R$2.863.802,76.

Ressaltando-se ainda que há um repasse mensal de valores para custeio de cirurgias, girando na casa dos R$120 mensais, o que totaliza um investimento de cerca de mais R$1.2 milhão ao ano, conforme dados apresentados pelo Secretário Municipal de Saúde Jeferson Moschen.

Esse valor é destinado ao SUS. “Cabe ressaltar que de todos os nascimentos de 2014 e 2015, o SUS utilizou apenas 43%, mesmo tendo bancado equipes de sobreaviso (obstetra, pediatra, sala de parto, anestesista) num total de 65%, sendo a média de internação não ultrapassa os 48%”, complementa o Secretário. 

Contudo, a administração do hospital, entende que o repasse deve ser aumentado (mais que dobrado) para atender as demandas previamente acordadas. Esse fato é agravado também, uma vez que repasses que deveriam ser feitos pelos Governos Federal e Estadual se mantém atrasados.

A Prefeitura, evidente, demonstra interesse em resolver a situação e por isso atesta que não medirá esforços para manter o hospital e sua UTI abertos à comunidade. Inclusive, Prefeito em Exercício Luia Barbacovi destaca que: “não haverá fechamento do hospital e nem de sua UTI. Buscaremos uma resolução para o fato e a comunidade gramadense não será prejudicada. Essa é uma premissa da Administração Municipal. Investimos muito em saúde e seguirá sendo assim”. 

Contudo, para que a situação seja esclarecida, é preciso que a direção do hospital atenda ao pedido da Administração Municipal de abertura das contas do mesmo, para que entenda-se as reais necessidades da instituição.

 

Veja os comentários do facebook:

Essa matéria tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top