skip to Main Content

Tela Tomazeli l Editora

MANIFESTO – Contur Hortênsias e Abrasel

Entidades e prefeituras se manifestam com relação a mais manifestos contra Gramado. Um assunto reincidente que, a todo momento é alimentado novamente por vozes que tem como único objetivo denegrir com a imagem do município. Em meio a debates de avaliação dos novos rumos do Turismo, recentemente foi criado o Observatório do Turismo, uma ferramenta disponível no site Gramado Inesquecível para que o trate, investidores ou qualquer pessoa possa avaliar os números de Gramado.

Gestores e trade turístico trabalham juntos para a promoção do município e, o novo secretário de Turismo de Gramado, Ricardo Bertolucci Reginato, assumiu com o compromisso de prontamente se reunir com empresas de todo o setor turístico para validar ações. Em Brasília entidades e o executivo trabalham na questão do valor das passagens aéreas para Porto Alegre, com o intuito de baratear.

A Secretaria de Turismo de Gramado, que possui quatro turismologas (profissionais formada em Turismo), uma com mestrado, atua em várias frentes, juntamente com o trade, para apresentar Gramado. Este trabalho é organizado em encontros no final e inicio do ano, onde todo setor é convocado para definir as linhas de ações para o ano. O que, para um jornalista local  que ‘salivou’ em rede social Gramado “…continuamos distribuindo folders e indo para eventos decadentes de agentes de turismo gastando uma verdadeira fortuna”, referindo-se ao trade, a equipe da Secretaria de Turismo, aos agentes de viagem e as maiores feiras de Turismo do Brasil e do exterior.

 

Conversei a turismóloga Bárbara Konrath, que faz parte da equipe da Secretaria de Turismo, que encaminhou estas informações que solicitei:

A Secretaria de Turismo realiza anualmente um planejamento junto ao trade de Gramado para a definição dos eventos que irá participar a cada ano. Esse calendário de promoção turística é composto por algumas feiras nacionais e internacionais, os workshops de capacitação que são eventos exclusivos de Gramado e eventos de grandes operadoras do país. Praticamente em todas as feiras a Secretaria utiliza o espaço da Setur estado ou da Embratur, não necessitando investir em compra de espaço, assim consegue participar dessas tradicionais feiras que Gramado não poderia estar ausente e juntar esforços físicos e financeiros para realização de outros eventos mais focados no destino como os workshops e os eventos de operadoras.

Além do objetivo institucional na participação desses eventos, de divulgação do destino para o público profissional e final, ativação da marca, fomento da visibilidade, integração, promoção e fortalecimento de parcerias, também há a participação comercial através das empresas de Gramado que são convidadas a estarem nesses eventos de forma gratuita, no caso das feiras e workshops, necessitando somente investir em gastos com a viagem em si.

Em relação às agências de viagens, elas até hoje são um dos principais meios de consulta de viagens por parte do público final, principalmente após a pandemia conforme informações do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC). O viajante procura um meio confiável para orientar e guiar a sua viagem e os agentes de viagens é que vão passar essa confiança e orientação, portanto é extremamente necessário que os mesmo estejam embasados de informações sobre o nosso destino, nossas novidades, atrativos e eventos, sendo que as feiras e workshops possuem esse papel, divulgar e capacitar Gramado para quem está na linha de frente e vende o nosso destino.

Participação em eventos:

Feiras 2024:
WTM – São Paulo/SP
Minas Travel Market – Belo Horizonte/MG
BNT Mercosul – Camboriú/SC
Festival de Turismo Cataratas – Foz do Iguaçu/PR
AVIRRP – Ribeirão Preto/SP
ABAV – Brasília/DF
BTM – Fortaleza/CE
Festuris – Gramado/RS
FIT – Buenos Aires/Argentina
FITPAR – Assunção/Paraguai
BTL – Lisboa/Portugal

Workshops 2024:
Uberlândia-MG
Contagem – MG
Recife – PE
Caruaru – PE
Campina Grande – PB
Ribeirão Preto – SP
São José do Rio Preto – SP
Campinas – SP
Cuiabá – MT
Campo Grande – MS
Natal – RN
João Pessoa – PB
Rio Janeiro – RJ
São Paulo – SP
Curitiba – PR
Londrina-PR
Goiânia – GO
Fortaleza – CE
Buenos Aires – Argentina
Assunção – Paraguai

Eventos operadoras:
Masterop
Shultz
Azul Viagens
Foco
Entre outras ainda a definir

 

Contur Hortênsias

À  SOCIEDADE GAÚCHA

Estamos em meio ao Gramado Summit, evento que reúne 15 mil pessoas em Gramado e Região das Hortênsias. Público que além de ampliar seu conhecimento e networking, também desfrutam das experiências que a região proporciona, uma diversidade turística ímpar no Brasil.

O turismo é uma forma de organização econômica e social que envolve mais de 50 setores da economia e é trabalhado há mais de 50 anos na Região das Hortênsias, protagonizado por Gramado.

Milhares de pessoas e empresas da região dependem dessa roda girando de forma consistente, seja por meio do turismo de negócios, seja por meio do turismo de lazer. Parques,
gastronomia e hotelaria estão disponíveis o ano todo, seja em alta temporada, seja em baixa temporada, isso significa que concentram muitos esforços em planejamento, administração e execução de operações complexas, que independente da movimentação, acontecem com qualidade, que o turista exige.

Só na Região das Hortênsias conseguimos atender ao mesmo tempo 32 mil pessoas na hotelaria, 44 mil na gastronomia e 50 mil nos parques e demais atrativos, conforme estudo feito pelo Sindtur Hortensias. Trata-se de uma imensa responsabilidade, estruturada com excelência para bem receber pessoas que vem com suas expectativas para a região. São opções para todos os perfis, sejam casais, amigos, famílias pequenas, famílias grandes, com ou sem pets, entre outros. O cuidado com a diversidade está muito presente na gestão do turismo na região. Tão importante quanto são as opções para todos os gostos e bolsos.

Ao mesmo tempo, estamos em uma fase de ressignificação, de necessária inovação, pois o mercado do turismo mudou. A economia brasileira está fragilizada, as passagens aéreas mais caras e o turismo passou a fazer parte da economia de centenas de cidades no país aumentando a concorrência. Da mesma forma, foram criados novos atrativos, hotéis e restaurantes na região, a mão de obra está mais escassa, as intempéries climáticas afetaram diretamente nossa região impactando há mais de sete meses o fluxo turístico, e, mesmo assim o trade turístico está com a cabeça erguida para seguir em frente, pelo propósito de bem acolher o turista.

Então este momento de ressignificação carece de apoio, de incentivo e não de crítica – que desconstrói uma imagem que vem sendo trabalhada diariamente por milhares de funcionários, empreendedores e lideranças há mais de 50 anos. O momento é de apoio, de união de esforços e de valorização do que o destino oferece, tendo em vista sua importância para economia da região e para preservar a empregabilidade de tantos.

Por essa razão queremos propor um diálogo amplo, que aposte em alternativas de crescimento sustentável e de respeito ao turista. Precisamos de união de esforços, de um olhar
positivo para tudo que foi construído ao longo das últimas décadas, sem dar voz a opiniões que nem sempre refletem a totalidade da situação.

Vamos juntos – por Gramado, pelo turista, pela economia gaúcha e pelo desenvolvimento da região!

Assinam este manifesto:
ABRASEL
ACI SÃO FRANCISCO DE PAULA
ACIC CANELA
ACINP
APASG
CDL GRAMADO
CONTUR HORTÊNSIAS
GRAMADO E CANELA CONVENTION BUREAU
ROTA ROMÂNTICA
SINDILOJAS HORTÊNSIAS
SINDTUR
VISÃO AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO
PREF. MUNICIPAL DE CANELA
PREF. MUNICIPAL DE GRAMADO
PREF. MUNICIPAL DE NOVA PETRÓPOLIS
PREF. MUNICIPAL DE PICADA CAFÉ
PREF. MUNICIPAL SÃO FRANCISCO DE PAULA

 

Abrasel

A Abrasel é a entidade que representa a alimentação fora do lar na Região das Hortênsias, e quando falamos em gastronomia, a entidade tem propriedade em afirmar que esta é uma das grandes forças indutoras do turismo, sobretudo na Região das Hortênsias. Temos uma gastronomia diversificada, qualificada e também para todos os estilos, gostos e bolsos.

Visitar Gramado, Canela, São Francisco de Paula e Nova Petrópolis é fazer parte de uma experiência memorável de um destino que se tornou desejável ao longo dos anos. Quando um prato é servido em um restaurante ali está sendo servido também infraestrutura, inovação, investimento em educação, segurança, cuidados com a cidade como limpeza, organização e qualidade de vida.

Não é fácil oferecer tudo isso sem que se tenham preços também condizentes. Mas, cabe lembrar que em todas as cidades listadas acima, inclusive Gramado, temos opções de pratos par todos os bolsos. De hambúrgueres, buffet a quilo a restaurantes de alta gastronomia, a gastronomia em Gramado, e na Região das Hortênsias é ampla, diversa e criativa.

Considerando o número de associados e também os diferentes tipos de estabelecimentos que atuam, a Abrasel e seu presidente, Marcelo Wazlawick, acham injusto dizer que neste ou naquele lugar a gastronomia é cara.  Há sim pratos restaurantes e pratos com valores elevados, mas há também liberdade de escolha para buscar outras tantas opções que não são. E, é assim que um destino turístico se faz em qualquer lugar do mundo. Você pode em Paris provar um restaurante com estrela Michelin e pode comer um crepe ao pé da Torre Eiffel. Ambas serão experiências memoráveis e tradicionais, porém com preços completamente diferentes.

A Região das Hortênsias tem muitos estabelecimentos, muitos lugares e atrativos a serem visitados, muitos inclusive que não se paga nada.

 

MARCELO WAZLAWICK

Presidente Abrasel Hortênsias

Gramado Magazine

Tela Tomazeli l Editora

Essa matéria tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

Back To Top