skip to Main Content

Colunista l casagrandegilneiricardo@gmail.com

Construção do Cine Embaixador – Parte 2

A notícia do encerramento do cinema,mantido por décadas pela família Pasqual, ícone de parte da historiografia do município, gerou uma “inquietação” no perímetro urbano das terras de Gramado.

Reunião após reunião sempre capitaneada pelo COMTUR são os indicadores desse fenômeno social que de longe se equipara aos eventos das Festas das Hortênsias.

 

A Ata nº 3 de 30 de março de mil novecentos e sessenta e três realizada nas dependências da Câmara de Vereadores é clara no seu objetivo, a discutir a construção do cinema.

[…] ” atendendo a convocação do Presidente do Conselho Municipal de Turismo, com o objetivo de discutir sobre a construção de um cinema nesta cidade”. Neste encontro praticamente o topo da pirâmide social de Gramado esteve presente. Kurt Mentz, presidente do Conselho, seguido de Remy H. Zatti,  João F. Bertoja, Adail de Castilhos, Horts E. Volk, Waldemar Frederico Weber, Urbano Spengler, Arno Michaelsen Prefeito Municipal e Raul Tartarotti, como secretário. Como  representantes da imprensa local: Hugo Daros, Jair Teixeira e Adail de Castilhos. Convidados presentes: Maury Pascoal, Francisco A. Zatti, José Francisco Perini, Raymundo Bisol, Walter Bertoluci, Orestes Dalle Molle, Admar A. Cardoso, Ervino Ilges, Francisco Licínio da Silva Reis, Raul Pedro Tartarotti, como secretário “ad hoc” ,Lucio P. Petersen, Walter Ziegler. Constam da nominata (porém não assinaram), os nomes de Almeri A. Peccin, Claudino Weber, Rolf Rosenfeldt, Celso Dalle Molle e Pedro Bezzi. Ao pé da referida Ata consta a inclusão de José Francisco Perini “encarregado de auscultar a iniciação do capital.

 

 

Em 25 de abril de 1963 ocorreu outra reunião extraordinária provocada pelo COMTUR. É o que informa a Ata nº04/63 onde apresenta nominalmente a comissão encarregada em dar andamento na construção do cinema. #Almeri A. Peccin, #Erwino Ilges, #Francisco A. Zatti, #Beno Ruschel como representante do C.M.T,#Maury Pascoal, representante do Comércio, #Kurt Mentz representante da Câmara de Vereadores, # Remy Henrique Zatti como representante da Prefeitura, #Euzébio Balzaretti representante do setor industrial e #Jose Francisco Perini como representante da comunidade. Por decisão do Presidente da Assembléia, a operação, por unanimidade de votos, foi postergada por ser um  “cargo meio espinhoso e de bastante sacrifício” . O Secretário desta reunião foi o sr. Ervino R.Schwingel

Um grande passo foi dado neste encontro, a instituição de uma Comissão composta por:

#um representante da Prefeitura Municipal, #um representante da Câmara Municipal de Vereadores, #um representante do Conselho Municipal de Turismo,, #um representante da Indústria. Ainda presentes, os senhores #Mauri Pascoal, #Almeri A. Peccin, #Francisco Zatti e #Ervino Ilges. Esse grupo ficou com a incumbência de eleger, na próxima reunião, o Presidente.

Esse movimento social teve um papel preponderante para o futuro de Gramado tanto no preparo do solo quanto na semeadura. Mesmo que por amostragem, esse grupo revela o perfil de um passado comprometido com o desenvolvimento, tanto social quanto econômico e cultural.

 

 

Precisamos trazer para o presente os sinais marcantes do passado.

Conheceremos mais Gramado e sua gente nas próximas edições .

 

Casagrande

 

“A responsabilidade pelo conteúdo é única e exclusiva do autor que assina a presente matéria”.

Gilnei Casagrande

Colunista l casagrandegilneiricardo@gmail.com

Essa matéria tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

Back To Top