skip to Main Content

Coluna Social de Caxias do Sul e Região

Metro quadrado

Os arquitetos Gabriela Meletti e André Rigoni, presidente e vice da Associação Sala de Arquitetos, e os secretários da entidade Enio Stumpf e Flávia Junges, realizaram no último dia 23, o lançamento da 47ª edição da Revista Sala de Arquitetos. A reunião da categoria ocupou a Lizt, de Ricardo Comandulli e Oscar Panozzo, onde foi revelado o nome da arquiteta Mariana Marchioro como capa e um dos conteúdos da publicação. Ela é destaque por seu projeto de interiores de um consultório localizado no moderno Pharos Corp. Enio Stumpf e Flávia Junges, secretários da Associação Sala de Arquitetos, no encontro que movimentou a classe na última quinta-feira. Crédito: Fabio Grison

 

A presidente da Associação Sala de Arquitetos, Gabriela Meletti apresentou a capa da 47ª edição da Revista da entidade com projeto assinado pela colega Mariana Marchioro. Crédito: Fabio Grison

 

As tesoureiras da Associação Sala de Arquitetos, Andressa Barroso e Alessandra Mosna, no lançamento da Edição do ano da Revista da entidade. Crédito: Fabio Grison

 

O vice-presidente da Associação Sala de Arquitetos, André Rigoni, foi com sua mulher, a arquiteta Tatiana Biffi, na Lizt para apresentação da Revista da instituição. Crédito: Fabio Grison

 

Vanguarda

A arquiteta caxiense Adriane Karkow já está debruçada no projeto da curadoria do Summit Condarq, evento que reunirá os fornecedores e profissionais do design, arquitetura e construção. O encontro será realizado durante dois dias no mês de agosto, e apresentará uma abordagem sobre o tema “Metaverso e seu Inverso”. O lançamento ocorre nesta quarta-feira, 29 de junho, no espaço de eventos, Villa Basilico, do Pátio da Estação, histórico endereço em Caxias do Sul, com um talk show da também caxiense Rejane Toigo, da Like Marketing, que discorrerá sobre o “Homo Digitalis – a saga do cérebro primitivo na era digital”.

 

 Adriane Karkow é a curadora do Summit Condarq em Caxias do Sul. Crédito: Fabio Grison

 

https://www.saintandrews.com.br/pt/FestivalFondue/

 

Pintando o sete

O “Muros na Quebrada”, etapa do Projeto Mosaico na Quebrada realizada no último fim de semana, coloriu ainda mais o bairro Euzébio Beltrão de Queiroz, em Caxias do Sul. A ação contou com 22 artistas, que foram selecionados pela equipe curatorial do Instituto SAMbA, que tem como presidente a arquiteta Jessica De Carli, pelo produtor cultural do projeto, Chiquinho Divilas, junto ao grafiteiro caxiense Gustavo Gomes. Eles pintaram casas e muros mapeados pela própria comunidade. Além disso, o VIELAS Espaço Cultural, também no Euzébio Beltrão de Queiroz, estreou uma aromática opção: o café VIELAS, produzido em parceria com a G+ Cafés, com identidade visual do Mosaico na Quebrada. O valor arrecadado é revertido para ações no bairro.

 

A presidente do Instituto SAMbA, Jessica De Carli, junto ao artista da comunidade Pavão Pavãozinho (RJ), Carlos Esquivel da Silva, o Acme, e o artista de São Paulo, Tiago Morya Ishiyama, o 8ou80. Crédito: Lucca Westphal

 

Voluntárias do Mosaico na Quebrada, Danieli Matos e Gabriela Rosa. Crédito: Lucca Westphal

 

O CEO do VIELAS Espaço Cultural, Fernando Morais, e o grafiteiro e curador artístico do Muros da Quebrada, Gustavo Gomes. Crédito: Lucca Westphal

Essa matéria tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top