skip to Main Content

MINISTÉRIO PÚBLICO DE GRAMADO

Munícipio deve manter a intervenção no Hospital São Miguel por recomendação do MP

Amparado em dois inquéritos civis e mostrando insatisfação com as respostas relacionadas a questionamentos sobre a venda do Hospital Arcanjo São Miguel (HASM) pela Associação Franciscana de Assistência à Saúde (SEFAS) para a Prolife Rede de Hospitais, o Ministério Público (MP) recomendou ao Município que prossiga com a intervenção no HASM – iniciada em fevereiro de 2016. O MP comunicou ao prefeito Nestor Tissot (PP) a decisão e cientificou as empresas Seferin & Coelho Consultoria Empresarial e a Prolife Rede de Hospitais, a SEFAS, a Câmara Municipal e o Conselho Municipal de Saúde. Confira integralmente o documento oficial do MP, de 13 de abril:

Essa matéria tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top