skip to Main Content

A palavra está viva! – poesia, literatura e conhecimento nas escolas e zona rural de Gramado

Crédito: Ascom/PMG

Contemplado em primeiro lugar no edital Retomada Cultural, da Secretaria de Cultura de Gramado, o projeto A palavra está viva!, é uma ação lúdica literária criada por jovens produtores culturais e artistas da região. Em formato de oficina, porém nada convencional, A Palavra levará poesia, encantamento musical e teatral, performances e muita leitura para a sala de aula e zona rural da cidade.

O projeto busca desmistificar o segmento Literatura para além de algo obrigatório no período escolar. “Além de apresentar textos, autoras e autores contemporâneos de várias áreas artísticas, provocaremos os participantes para que criem textos curtos, de diferentes gêneros, poemas, crônicas, contos. Depois, publicaremos um e-book com o resultado, certamente um caldeirão criativo de tudo o que será produzido”, explica João Pedro Wapler, poeta e um dos mentores do projeto.

Segundo Naiana Amorim, especialista na filosofia de Henri Bergson pela UFF, poeta e também idealizadora da Palavra está viva!, o objetivo é a participação ativa dos alunos. “Escuta também é comunicação. Com o aumento da evasão escolar provocada pelo ensino remoto, queremos ouvir os jovens e entender seus conflitos atuais. A questão de cada aluno pode se transformar em material para a escrita, bem como em um fator que os aproxime da escola ao invés de afastar, porque será lá, na escola, que eles aprenderão a lidar com as adversidades da vida”.

Nas próximas semanas serão divulgados detalhes de inscrições para as oficinas. Haverá parceria com algumas escolas, voltadas aos seus alunos, mas também com possibilidade de ampla participação de estudantes de outras instituições, públicas e privadas. Os organizadores anunciam para início de março a identidade visual e maiores informações sobre o projeto.

Essa matéria tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top