skip to Main Content

Obras de restauração da Casa do Major Nicoletti devem começar nos próximos dias

Foto: Tela Tomazeli

Degradado pela ação do tempo e fechado ao público, o casarão que abrigava a família do Major Nicoletti está mais próximo do restauro. Graças a uma parceria público-privada liderada pelo prefeito Nestor Tissot com a empresa Hasam Incorporações as obras devem começar nos próximos dias, assim que o Ministério Público de Gramado chancelar o acordo.

Serão investidos R$ 2,2 milhões no projeto que visa a recuperação do imóvel histórico aprovado pelo Conselho Municipal do Patrimônio Histórico, Artístico, Ambiental e Cultural de Gramado e pelo Conselho do Plano Diretor.

O contrato entre a Hasam Empreendimentos e a empresa responsável pela restauração foi assinado nesta terça-feira (02). Após concluído o restauro, o quintal da Casa Major Nicoletti abrigará uma cafeteira e a bilheteria do museu. “O projeto foi realizado por um dos mais renomados arquitetos do Brasil, Evandro Eifler Júnior, responsável pelo restauro de vários prédios históricos. A empresa responsável pela execução da obra é a a Joel H. Oberherr & Cia Ltda. O espaço abrigará dois ambientes, um para implantação de uma cafeteria e outro a bilheteria, que serão licitados. Serão dois prédios que em nada interferirá na estética da Casa e tampouco impactará na Mata Atlântica existente no imóvel”, explica Ricardo Reginato, Secretario da Cultura de Gramado.

O prefeito Nestor Tissot comemorou a assinatura do contrato. “Fomos tachados de inimigos da cultura durante as eleições, porém demonstramos efetivamente toda nossa preocupação com a preservação de nosso patrimônio cultural. A Casa do Major Nicoletti é a prova viva de um tempo não tão distante e que zelaremos por muitas e muitas outras gerações. Nossos filhos e netos terão a oportunidade de vivenciar o início de nossa colonização através de um acervo preservado, bem cuidado e administrado pelo Poder Público. Em apenas dois meses, construirmos esta parceria que não terá custará nenhum centavo para o município”, destaca.

Conselho do Patrimônio Histórico faz sua primeira reunião

A aprovação da obra na casa do Major, que inclui a restauração e criação de um complexo que a torne autossustentável aconteceu na última segunda-feira (01), de maneira virtual, a primeira reunião do recém-empossado Conselho Municipal do Patrimônio Histórico, Artístico, Ambiental e Cultural de Gramado.

Com importante papel na conservação da cultura material e imaterial da cidade, o Conselho aproveitou a primeira reunião para traçar sua linha de atuação para os próximos meses, que inclui analisar e tornar público o estudo realizado em 2016 que elencou em um inventário os principais bens patrimoniais históricos do município.

Na mesma reunião, ainda, foram eleitos presidente e vice-presidente do Conselho, sendo, respectivamente, o representante do Patrimônio Histórico e Artístico Municipal, Márcio Dillmann de Carvalho e a representante do Setor Artístico, Janaína Poletti.

  • Diretoria
  • Presidente – Wanderley Cavalcanti
  • Vice-presidente – Pedro Campos
  • 1º Tesoureiro – Ênio Hermann
  • 2º Tesoureiro – Alex Juarez Müller
  • 1ª Secretária – Taís Ribeiro
  • Conselho Fiscal: Celso Afonso Cavalcanti de Albuquerque Tabajara e Sebastião Fonseca

Essa matéria tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top