skip to Main Content

Concertos de Natal: 35 anos do Natal Luz

O tradicional concerto com a Orquestra Sinfônica de Gramado, sob a regência do consagrado Maestro Linus Lerner, resgatará a espiritualidade e os sentimentos mais profundos do Natal em sua essência, apresentando músicas especialmente selecionadas, com transmissão online.

O primeiro Concerto será em 13 de dezembro, às 13h, na Igreja Matriz São Pedro e o segundo Concerto dia 15 de dezembro, às 18h, na Cantina Villa Itália, rua José Alexandre Benetti, 350 Linha Nova/Gramado.

Os dois concertos serão transmitidos pelos canais do Natal Luz do Youtube e Facebook

  • Veja o que representou o maestro Eleazar de Carvalho para o Natal Luz de Gramado
  • Natal Luz presta tributo ao maestro Eleazar de Carvalho

Um concerto da OSPA celebrou a apresentação do busto em homenagem ao maestro Eleazar de Carvalho, no dia 6 de dezembro de 2007, em Gramado. Com uma carreira de projeção internacional, ele foi um dos maiores maestros brasileiros e a sua participação no Natal Luz foi fundamental. Confeccionado pelo escultor bielo-russo Louri Petrov, o busto foi inaugurado em frente a Igreja Matriz São Pedro, no centro de Gramado, onde aconteceram os primeiros concertos natalinos do Natal Luz.

A homenagem à Eleazar de Carvalho, com a colocação do busto em frente a Igreja Matriz, foi uma iniciativa do criador do Natal Luz Luciano Peccin, e representa o reconhecimento ao maestro que foi o responsável pelo sucesso do primeiro concerto de Natal em Gramado, em 1986, quando uma forte chuva surpreendeu e frustrou os organizadores e participantes do evento. Mesmo assim, todos se abrigaram no pavilhão da Igreja São Pedro e lá dentro o maestro regeu a orquestra e os corais que vieram de várias partes do Estado. Com esta determinação e garra, Eleazar de Carvalho motivou a todos – cerca de 500 pessoas – a retornar no final de semana seguinte, para então apresentar o grande concerto em frente a Igreja Matriz São Pedro, que foi um sucesso. A partir daí se consolidava o Natal Luz.

Quem foi Eleazar de Carvalho

Eleazar de Carvalho nasceu em Iguatu, Ceará, 28 de julho de 1912. Foi um regente e compositor brasileiro. Transferiu-se ainda jovem para o Rio de Janeiro, tocando tuba na Banda do Batalhão Naval. Teve sua primeira ópera, “O Descobrimento do Brasil”, estreada no Teatro Municipal do Rio de Janeiro em 1939, recebendo, no ano seguinte, o diploma de maestro. Foi para os Estados Unidos em 1946. Em 1963 tornou-se doutor em música pela Washington State University, nos Estados Unidos. Fez doutorado em Letras e Humanidades, pelo Hofstra College, em Hempstead. Nos Estados Unidos, estudou regência com Sergey Koussevitzky, no Berkshire Music Center, em Massachusetts. Em 1947 dividiu com Leonard Bernstein a função de assistente do maestro Koussevitzky, que o sucedeu após sua morte ficando até 1965. Estreou em 1950, na Europa, no Palais Beaux-Arts, em Bruxelas. Atuou longamente como regente titular na Orquestra Sinfônica Brasileira, no Rio de Janeiro. Foi diretor artístico e regente da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e fundador da cadeira número 32 da Academia Brasileira de Música. Teve relevante atuação pedagógica tanto nos EUA, quanto no Brasil. Morreu em1996, vítima de uma infecção intestinal, em São Paulo, aos 84 anos. Entre suas composições incluem-se duas óperas, “A descoberta do Brasil” (1939) e “Tiradentes” (1941). Com informações da Wikipédia / Luciano Peccin

Essa matéria tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top