skip to Main Content

O cenário da agricultura em Gramado

Foto: arquivo

A agricultura de Gramado é diversificada e tipicamente voltada ao turismo, ou seja, para suprir o mercado local. Alguns produtos como aves, suínos e o leite ainda são vendidos para a indústria.

Na área rural, a estimativa de 2017 do Censo Agropecuário é que havia 1.223 pessoas ocupadas com atividades agropecuárias em 516 estabelecimentos do setor. Em relação ao número total de pessoas empregadas no município de Gramado, 5,76% do total de trabalhadores estão ocupados no setor agropecuário. Segundo o relatório anual da EMATER de Gramado (2018), existem 32 comunidades rurais em Gramado, bem como 876 famílias rurais, num total de 1.877 pessoas.

Agroindústrias participantes do programa Gramado Colônia são atualmente 65 e fabricam diversos produtos, entre biscoitos, massas, pães e cucas, geleias, conservas de frutas e verduras, carvão. As agroindústrias oferecem uma agregação de valor aos produtos da agricultura. Além disso, o turismo rural é uma fonte de renda importante no município, que hoje conta com 6 roteiros no interior.

Os principais cultivos são as hortaliças, frutas, milho, feijão e a produção de leite. Existe também o plantio de madeira: acácia, eucalipto, pinus. Outro cultivo importante são as flores.

A agricultura representa aproximadamente 1% do PIB do município de Gramado, mas o seu valor social é considerável pelo envolvimento das famílias que produzem a sua subsistência. Nesse valor do PIB não está incluída a receita das agroindústrias nem do turismo rural, que seriam então ganhos indiretos do setor.

Novos desafios se colocam no cenário atual de pandemia do coronavírus, especialmente no que ser refere a comercialização dos produtos. O formato de tele entrega cresceu muito, bem como o associativismo na comercialização. Com a queda no fornecimento para restaurantes, hotéis e pousadas a comercialização também tem o foco voltado para os moradores da cidade, com entrega nos domicílios.

Associações de agricultores em Gramado

  • Associação dos Fornos de Gramado – AFG
  • Associação dos Produtores Orgânicos de Gramado – APOG
  • Cooperativa Planalto
  • Cooperativa Casa do Colono de Gramado
  • Sindicato dos Trabalhadores Rurais

Segundo o relatório anual da EMATER de Gramado (2018), existem 32 comunidades rurais em Gramado, bem como 876 famílias rurais, num total de 1.877 pessoas.

Comunidade Número Famílias Número Pessoas
Arroio Forquilha / Caracol 5 11
Belvedere 22 32
Campestre do Tigre 11 31
Linha Gambelo 52 137
Linha Araripe 33 61
Linha Ávila Alta e Baixa 59 125
Linha Bonita / Bonita alemã / Forqueta 71 148
Linha Carahá 38 75
Linha Carazal 10 16
Linha Furna 25 54
Linha Hörlle 28 63
Linha Marcondes 99 226
Linha Nova 38 66
Linha Quilombo Alto 38 90
Linha São Roque 16 34
Linha Tapera Alemã e Italiana 43 90
Linha 28 18 41
Mato Queimado / Linha 15 18 28
Linha Moreira / Caboclos 40 85
Morro Agudo 35 73
Morro do Arame 12 31
Nova Renânia 6 17
Pedras Brancas 28 65
Serra Grande 90 179
Várzea Grande 41 99
Total 876 1.877

Turismo Rural

  • Tour no Vale (Vale do Quilombo e Linha 28)
  • Raízes Coloniais (Linha Bonita)
  • O Quatrilho (Campestre do Tigre e Linha Tapera)
  • Caminhos (Linha Ávila)
  • Várzea e Serra Grande
  • Linha Bella (Linha Bonita)
  • http://www.gramadoinesquecivel.tur.br/roteiros

Agroindústrias

Segundo a EMATER de Gramado, existem aproximadamente 98 agroindústrias no município. Destas, 65 estão inclusas no Programa Gramado Colônia desenvolvido pela Secretaria da Agricultura desde 2017. O programa é regulamentado pela lei municipal 3603/2017 e visa a formalização dos empreendimentos através de benefícios na forma de incentivos fiscais e serviços.

Tipo de produtos das agroindústrias vinculadas ao Programa Gramado Colônia


Produto Número de estabelecimentos
1 Farináceos 17
2 Doces em pasta, geleias 10
3 Embutidos 6
4 Bandeja de verduras / hortaliças / sopão 4
5 Sucos 4
6 Ainda não produz 3
7 Aves 3
8 Conservas 3
9 Carvão 2
10 Cerveja 2
11 Graspa 2
12 Mel 2
13 Passas de fruta e polpa 2
14 Açúcar mascavo e melado 1
15 Chás 1
16 Cogumelos 1
17 Laticínios 1
18 Ovos caipira 1
19 Pastas Vegetais 1
20 Vinagre 1
21 Vinho 1

Programa de melhoramento genético

Desenvolvido pela Secretaria da Agricultura, são beneficiadas 15 famílias visando o melhoramento genético do rebanho bovino de leite, regulamentado através da Lei 3453/2015. Foram feitas 536 inseminações e o valor investido foi de R$ 22.590,00, no ano de 2019.

Sociedades/igrejas do meio rural

As localidades do interior possuem uma forte ligação com a religião, desde a chegada dos imigrantes que, assim que possível colocavam como prioridade a construção da igreja e, do salão de festas. Hoje o meio rural de Gramado tem assim distribuída sua área religiosa e social:

  1. Sociedade São Roquense (vinculada à Mitra Diocesana de Novo Hamburgo), São Roque;
  2. Sociedade Ipiranga, Linha Nova;
  3. Sociedade Juventus, Linha Bonita;
  4. Comunidade Católica Nossa Senhora de Caravaggio (vinculada à Mitra Diocesana de Novo Hamburgo), Pedras Brancas;
  5. Sociedade União, Linha Furna;
  6. Sociedade XV de Novembro (extinta), Linha homônima;
  7. Comunidade Católica São Valentim (vinculada à Mitra Diocesana de Novo Hamburgo), Linha 28;
  8. Comunidade Católica São Miguel (vinculada à Mitra Diocesana de Novo Hamburgo), Linha Quilombo Alto;
  9. Comunidade Católica São Gotardo (vinculada à Mitra Diocesana de Novo Hamburgo), Linha Carahá;
  10. Comunidade Católica São Francisco de Assis, Quilombo Baixo;
  11. Sociedade 6 de Junho, Linha Moreira;
  12. Comunidade Católica Santa Terezinha (vinculada à Mitra Diocesana de Novo Hamburgo), Linha Moreira;
  13. Sociedade Belvedere, Várzea Grande;
  14. Sociedade Independente, Serra Grande;
  15. Comunidade Evangélica IECLB Serra Grande I, Serra Grande Alemã;
  16. Comunidade Evangélica IELB Emanuel, Gambelo;
  17. Associação dos Moradores de Linha Hörlle, Linha homônima;
  18. Comunidade Católica Santo Antonio (vinculada à Mitra Diocesana de Novo Hamburgo), Linha Tapera;
  19. Sociedade Bela Vista – Beira Rio, Nova Renânia;
  20. Sociedade Reunidas, Linha Marcondes;
  21. Comunidade Evangélica IECLB Linha Marcondes, Linha homônima;
  22. Grêmio Esportivo Araripe, Linha Araripe;
  23. Sociedade Fluminense, Linha Ávila;
  24. Sociedade Mala Suja, Linha Forqueta.

Fonte: Secretaria da Agricultura de Gramado

Essa matéria tem 1 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top