skip to Main Content

2014 – 42º Festival de Cinema de Gramado

Melhor Filme Brasileiro: “A Estrada 47”, de Vicente Ferraz

Na Segunda Guerra Mundial, o Brasil era aliado dos Estados Unidos, Inglaterra e França. Na época, foram encaminhados mais de 25 mil soldados da FEB (Força Expedicionária Brasileira) para combater os inimigos, representados pelo Eixo: Alemanha, Itália e Japão. Quase todos de origem pobre e, em sua maioria, despreparados para o combate, os pracinhas tiveram que aprender na prática a lutar pela sobrevivência. Depois de sofrerem um ataque de pânico coletivo, no sopé do Monte Castelo, os soldados Guimarães (Daniel de Oliveira), Tenente (Julio Andrade), Piauí (Francisco Gaspar) e Laurindo (Thogum) tentam descer a montanha, mas acabam se perdendo um do outros. Quando conseguem se reencontrar, precisam decidir se retornam para o batalhão e correm o risco de enfrentar a Corte Marcial por abandono de posto, ou voltam para a posição da noite anterior e se arriscam a enfrentar um ataque surpresa do inimigo. É quando conhecem o jornalista Rui (Ivo Canelas), que conta sobre um campo minado ativo e eles acham ser essa a chance de se redimirem da mancada que cometeram, mas muita coisa ainda está por acontecer e a guerra está longe de acabar.

Melhor Filme Latino: “El Lugar Del Hijo”, de Manuel Nieto

Ao receber a notícia da morte do pai, Ariel regressa à aldeia natal e tem sua vida transformada. A história se passa em meio à mobilização sindical e estudantil que se levantou contra a crise no Uruguai.
42º Festival de Cinema de Gramado . Palácio dos Festivais. Fotos: Tela Tomazeli
42º Festival de Cinema de Gramado – Alunos do Projeto EducaVídeo sobem ao palco para receber os Kikitos de Chocolate. Foto Edison Vara/PressPhoto
Premiação. Foto: Tela Tomazeli
LONGA-METRAGEM BRASILEIRO

Melhor Direção: Marcelo Galvão, por “A Despedida”

Melhor Atriz: Juliana Paes, por “A Despedida”

Melhor Ator: Nelson Xavier, por “A Despedida”

Melhor Atriz Coadjuvante: Andrea Buzato, por “Os Senhores da Guerra”

Melhor Ator Coadjuvante: Paulo Betti, por “Infância”

Melhor Desenho de Som: Branco Neskov, por “A Estrada 47”

Melhor Trilha Musical: Alceu Valença, por “A Luneta do Tempo”

Melhor Direção de Arte: Moacyr Gramacho, por “A Luneta do Tempo”

Melhor Montagem: Tina Saphira, por “Infância”

Melhor Fotografia: Eduardo Makino, por “A Despedida”

Melhor Roteiro: Domingos Oliveira, por “Infância”

Prêmio Especial do Júri: Fernanda Montenegro (“Infância”) e “Os Senhores da Guerra”, de Tabajara Ruas

LONGA-METRAGEM LATINO

Melhor Direção: Moisés Sepúlveda, por “Las Analfabetas”

Melhor Atriz: Paulina Garcia e Valentina Muhr, por “Las Analfabetas”

Melhor Ator: Felipe Dieste, por “El Lugar Del Hijo”

Melhor Fotografia: Arnaldo Rodriguez, por “Las Analfabetas”

Melhor Roteiro: Manuel Nieto, por “El Lugar Del Hijo”

Prêmio Dom Quixote: “Las Analfabetas”, de Moisés Sepúlvedas

CURTA-METRAGEM BRASILEIRO

Melhor filme: “Se Essa Lua Fosse Minha”, de Larissa Lewandowski

Melhor Direção: Gustavo Vinagre, por “La Llamada”

Melhor Atriz: Rafaela Souza, por “Carranca”

Melhor Ator: Guilherme Silva, por “Carranca”

Melhor Desenho de Som: Guga Rocha, por “História Natural”

Melhor Trilha Musical: “Sem Título #1: Dance of Leitfossil”

Melhor Direção de Arte: Caio Ryuichi Yossimi, por “O Coração do Príncipe”

Melhor Montagem: Carlos Adriano, por “Sem Título #1: Dance of Leitfossil”

Melhor Fotografia: Giovanna Pezzo, por “La Llamada”

Melhor Roteiro: Caio Ryuichi Yossimi, por “O Coração do Príncipe”

Prêmio Especial do Júri: “O Clube”, Allan Ribeiro

Prêmio Canal Brasil: “A Pequena Vendedora de Fósforos”, de Kyoko Yamashita

CURTA-METRAGEM GAÚCHO (PRÊMIO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA)

Melhor Filme: “Domingo de Marta”, de Gabriela Bervian

Melhor Direção: Gabriela Bervian, “por Domingo de Marta”

Melhor Roteiro: Gabriela Bervian, Gilson Vargas e Moisés Westphalen, por “Domingo de Marta”

Melhor Fotografia: Bruno Polidoro, por “Domingo de Marta”

Melhor Direção de Arte: Valéria Verba, por “Linda, Uma História Horrível”

Melhor Música: “Redoma”, de Filipe Catto, por Linda, Uma História Horrível

Melhor Montagem: Vicente Moreno, por “Domingo de Marta”

Melhor Edição de Som: Gabriela Bervian, por “Domingo de Marta”

Melhor Produtor/Produtor Executivo: Jéssica Luz, Bibiana Osório, Bruno Gularte Barreto, por “Linda, Uma História Horrível”

Melhor Ator: Rafael Régoli, por “Linda, Uma História Horrível”

Melhor Atriz: Sandra Dani, por “Linda, Uma História Horrível”

Prêmio Aquisição TVE: “Sioma – O Papel da Fotografia”, de Karine Emerich e Eneida Serrano

Prêmio Exibição Curtas Gaúchos RBS TV: “Sioma – O Papel da Fotografia”, de Karine Emerich e Eneida Serrano

JÚRI POPULAR

Melhor longa-metragem brasileiro: “O Segredo dos Diamantes”, de Helvécio Ratton

Melhor longa-metragem latino: “Esclavo de Dios”, de Joel Novoa

Melhor curta-metragem brasileiro: “A Pequena Vendedora de Fósforos”, de Kyoko Yamashita

JÚRI DA CRÍTICA

Melhor longa-metragem brasileiro: “Sinfonia da Necrópole”, de Juliana Rojas

Melhor longa-metragem latino: “El Crítico”, de Hernán Guerschuny

Melhor curta-metragem brasileiro: “La Llamada”, de Gustavo Vinagre

Essa matéria tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top