skip to Main Content

1983 – 11ª Festival de Cinema de Gramado

Melhor Filme: “Sargento Getúlio”, de Hermano Penna

https://youtu.be/GF_YQvtgp_w
(…) A ação se passa nos anos 1940, e sugere o contexto da ditadura do Estado Novo (1937 – 1945) de Getulio Vargas. Quem interpreta o personagem-título é Lima Duarte (1930), em uma das performances mais elogiadas de sua carreira. O sargento Getúlio é um jagunço militar que, em companhia de seu motorista e fiel escudeiro Amaro (Orlando Vieira), vai de Paulo Afonso (BA) a Aracaju (SE) transportando um preso que é inimigo político de seu chefe (…)

Prêmio Especial: Carlos Manga, pelos serviços prestados ao cinema nacional

Prêmio Especial do Júri: “O Rei da Vela”, de José Celso Martinez e Noilton Nunes, “Idolatrada”, de Paulo Augusto Gomes, e Henriqueta Brieba, por “O Rei da Vela”

Prêmio da Crítica e Imprensa: “Sargento Getúlio”, de Hermano Penna

Melhor Diretor: Ana Carolina, por “Das Tripas Coração”

Melhor Ator: Lima Duarte, por “Sargento Getúlio”

Melhor Atriz: Marília Pera, por “Bar Esperança – O Último Que Fecha”

Melhor Ator Coadjuvante: Orlando Vieira, por “Sargento Getúlio”

Melhor Atriz Coadjuvante: Sílvia Bandeira, por “Bar Esperança – O Último Que Fecha”

Melhor Fotografia: Roberto Eliezer, por “Janete”

Melhor Roteiro: Hugo Carvana, Martha Alencar, Denise Bandeira, Armando Costa e Euclydes Marinho, por “Bar Esperança – O Último Que Fecha”

Melhor Trilha Sonora: José Carlos Martinez, por “O Rei da Vela”

Melhor Montagem: Noilton Nunes, por “O Rei da Vela”, e Roberto Gervitz e Sérgio Segall, por “Das Tripas Coração”

Melhor Cenografia e Figurinos: Yurika Yamasaki e Liege Monteiro, por “Rio Babilônia”

Melhor Música Original: Arrigo Barnabé, por “Janete”

Melhor Técnico de Som: Mário Maseti, por “Sargento Getúlio”

Melhor Curta-Metragem: “Tzubra Tzuma”, de Flávio Del Carlo

Melhor Diretor de Curta-Metragem: Sérgio Bianchi, por “Mato Eles”

Melhor Fotografia em Curta-Metragem: Adrian Cooper, por “Vida e Sangue de Polaco”

Melhor Montagem em Curta-Metragem: Ricardo Miranda, por “Perto de Clarice”

Melhor Curta-Metragem Gaúcho: “Urbano”, de Antônio Carlos Textor

Essa matéria tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top