Preciso falar contigo, vamos organizar meu casamento para daqui há 20 dias. A Irane está viajando e será uma surpresa para ela. Quero decoração com eras, luzinhas e arcos para ela passar. Vamos ter cerca de 250 pessoas, equipe da Cristais e alguns amigos bem próximos, além da família. Vou fazer o pedido no final da apresentação do evento de pré-temporada dos funcionários. Esse foi o telefonema do Telmo de Freitas Gomes, diretor da Cristais de Gramado, que faria uma surpresa para sua esposa Irane Land, que estava em viagem com a filha Marina entre o Peru e Nova Iorque.

Bem, eu conheço o Telmo creio que há 20 anos, a Irane foi há 19 anos, quando entrou, GRÁVIDA,na sala vip do Serra Park, onde eu trabalhava nas feiras com Telmo. Em um modelo floral, o mesmo sorriso largo que mantém até hoje e, muito segura de si, me foi apresentada: essa é a dona patroa, disse Telmo. Amor a primeira vista, por ele já tinha, por ela quando a conheci.

Seguimos e, até os dias de hoje, por motivo de afinidade, creio, faço parte das empresas que eles contratam para realizar seus eventos e, conceber o casamento do casal foi algo inusitado. Eu sabia que ela ia aceitar, mas, como vamos preparar tudo para dona Patroa, ela é uma mulher, digamos, elegante, exigente, fina, mas não no sentido genérico, Irane é uma mulher detalhista, na verdade não é uma mulher que o agrado comum a cative, ela possui particularidades que, mesmo que possam parecer banais, na verdade são carregadas de intencionalidade.

Bem, vamos lá, onde será o espaço de eventos Telmo? Expogramado diz ele! Morri, duas vezes, mas não disse. O Telmo é um cara espetacular, ele viaja para Marte e volta, e acredita que foi uma emissão na Nasa. Ele sabia que eu sabia que o que ele queria seria consolidado. Chama o João Vicente, decorador, chama a Fer do Magnólia, chama o Márcio Rollof do som e luz. Fechado isso já estou mais segura, sabem como trabalho e não preciso fazer rodeios.

Bom, a partir de agora vamos falando pelo grupo, Jerry (nora), Tela, Telmo, João, Márcio, Fer...

Visita ao local do evento, serão denominados evento 01 (Cristais de Gramado) e evento 02 (casamento de Telmo e Irane), reunião, mapa e, como transformar uma sala da Expogramado em uma capela para celebração + festa. Vamos para Igrejinha ver os moveis. Temos que montar o camarim para dona Patroa. E o vestido Telmo? Tudo pensado, o cara é incrível, já tinha junto com a nora e a filha que estava por chegar selecionado três vestidos distintos, as costureiras para ajustes etc e tal. Ok, vamos então montar um camarim em outra sala da Expogramado.

O fotógrafo, a limpeza, o ensaio, a segurança, as amigas que vão dançar, os amigos bocudos maridos das amigas, o futuro atual marido que tem que dar umas escapadas sem ela notar, as contas a pagar já que é ela que assina... As flores do buque... Bah, o vinho não veio... Que maratona dona Patroa.

Aí é que entra a alma. Tudo programado para a capela e a decoração, boa parte montada e aí não acontece, vamos mudar tudo, em vez de por cima o voal vai por baixo, tira os grids que estão ocupando muito espaço, coloca mini rosas brancas, cadê a iluminação para entrada do noivo e dos padrinhos e, da noiva? Mas dá pouca diferença? Não importa, eu sei da diferença.

Telmo tu reservou a noite de lua de mel?

E as amigas, mais nervosas com a dança que vão apresentar que a futura noiva. Cruzes, parece que são elas que vão se casar e os maridos, nossa parecem o noivo. Se acalmem, estou organizado... Guto, cadê o pen-drive da dança dos noivos e o da dança das gurias...

Irane, te mexe, os convidados já estão muito tempo no pré-coquetel (antes da celebração). Nada disso mãe, diz Marina, tu tens todo o tempo, a noite é tua! Irane: Eu quero ir, quero encontrar as pessoas. Apura nos ajustes, ninguém vai notar se o vestido está arrastando ....

Amigas desçam para a capela. Capela? Jerry me olha, é surpresa! A essa altura eu já estava nervosa, mais que as amigas e a noiva...

Imagine, não vou dançar, nós não dançamos. Mas vai dançar sim Telmo, nem que seja parado (dançou a noite toda com a dona Patroa). 

Poderia escrever um livro mas, vou ficando por aqui, no registro do casamento dos meus amigos e clientes Telmo de Freitas Gomes e Irane Land, realizado na Expogramado com a presença dos funcionários da empresa.

Um homem e uma mulher que constroem juntos, desde que os conheço. Um homem que surpreende, uma mulher que encanta!

Mas calma, faltou o início de tudo: ‘ela vive dizendo que não somos casados, então vou consolidar’ diz Telmo. Na verdade, o guri estava minguado de saudades da mulher com quem vive há anos, já a cerca de um mês fora e resolveu fazer o inusitado pedido de casamento durante o tradicional evento de pré-temporada da empresa que os dois administram. Foi surpresa geral para todos e, posso afirmar, uma festa como poucas de interatividade. Me disse a responsável pelo RH da empresa que até agora o evento rende frutos junto a equipe, inclusive o disputado buque da noiva que foi pego por uma pessoa da equipe.

E não poderia ser diferente, o casal passou a noite de nupcias no Castelo Saint Andrews.

 

O diretor da empresa, Telmo de Freitas Gomes, encerrando o evento de pré-temporada da Cristais de Gramado com uma homengame para a enamorada esposa e também diretora da empresa Irane Land, em frente aos funcionários. Crédito Ramon Belmonte

 

Apaixonados ele canta para ela. Crédito: Ramon Belmonte

 

Funcionários, família e os poucos amigos avisados da surpresa (escondidos) aplaudem o show, encantados com a performance. Crédito: Ramon Belmonte

 

Ela é surpreendida com o pedido de casamento. Crédito: Ramon Belmonte

 

Crédito: Ramon Belmonte

 

Crédito: Ramon Belmonte

 

A emoção da familia, a nora Jerry ao lado da mãe, com o filho Joaquim, a filha Marina e o filho Gustavo. Crédito: Ramon Belmonte

 

A surpresa do pedido também para os funcionários da empresa. Crédito: Ramon Belmonte

 

Crédito: Ramon Belmonte

 

O abraço dos amigos. Crédito: Ramon Belmonte

 

Dividindo a surpresa com as amigas. Crédito: Ramon Belmonte

 

Hora do noivo conduzir a noiva para o camarim. Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Ramon Belmonte

 

Escolhido o vestido branco, como o noivo imaginou, ajustes. Crédito: Ramon Belmonte

 

Se ela não ficar quieta e tirar o vestido não conseguimos fazer os ajustes. Crédito: Ramon Belmonte

 

Crédito: Ramon Belmonte

 

Crédito: Ramon Belmonte

 

Joaquim adorando os morangos do camarim. Crédito: Ramon Belmonte

 

O local da celebração na sala de eventos da Expogramado. Crédito: Tela Tomazeli

 

Sim, o noivo decidiu que o tapete verde iria realçar mais o vestido, como dissemos, ele sabia que ela iria escolher o branco, afinal, é ele quem compra praticamente todas as roupas dela. Crédito: Ramon Belmonte

 

Sendo conduzida pelo filho Gustavo Fusch. Crédito: Ramon Belmonte

 

Crédito: Ramon Belmonte

 

Crédito: Ramon Belmonte

 

Crédito: Ramon Belmonte

 

Assistindo ao video dos tempos de outrora. Crédito: Ramon Belmonte

 

As madrinhas, a filha Marina Land Gomes e a nora Jerry. Crédito: Ramon Belmonte

 

Com as amigas do grupo de dança. Crédito: Ramon Belmonte

 

Família. Crédito: Ramon Belmonte

 

Crédito: Ramon Belmonte

 

Ficha Técnica

  • Organização ou cerimonislista, como queiram: Tela Tomazeli Ideias & Eventos
  • Conceito de decoração: Telmo de Freitas Gomes, João Vicente Correa, Tela Tomazeli, Jerry Molinete
  • Gastronomia: Magnólia
  • Som e Luz: Polux/Márcio Roloff
  • Estruturas: Cavallin
  • Segurança e Limpeza: Scorpion
  • Móveis: Morbach
  • Bolo: Ju Cupcakes
  • DJ: Michele Wender
  • Local: Expogramado
  • Vestdios: Estilo Festa
  • Maquiagem/Cabelo: Ju