Jornal de Gramado - 24/09/2013

cris

 

Adriane Zinke Dos Reis

Estivemos hoje a tarde, em Caxias, visitando o Rafa....Está consciente....Amanhã fará cirurgia no braço e antebraço, onde teve fraturas. No domingo, vai fazer cirurgia no quadril.....está com um corte profundo na coxa, que exige cuidados. Teve fratura também, no pé esquerdo. Está se recuperando, mas emocionalmente, abalado. Mesmo assim, foi muito bom vê-lo. Desejamos de coração que ele possa se recuperar e em breve voltar para Gramado!

 

Gabriel Morales

O acidente

Após ouvir e ler inúmeras notícias e versões sobre o acidente que meu irmão e minha cunhada sofreram no último dia 19, procurei ontem no velório ouvir 3 pessoas. As duas primeiras pessoas a me relatarem o que ouve estavam de carro a frente do meu irmão e cunhada e após o velório em Gramado, fui à Caxias falar com o meu irmão na UTI.

Os três me falaram a mesma historia e quero esclarecer a todos nossos amigos.

Haviam dois carros a frente do meu irmão e um caminhão atrás dele, os dois da frente tentaram fazer uma ultrapassagem de uma Scania no final de uma reta que antecedia uma curva para a direita, porém desistiram pois não tinham mais "reta suficiente" e visibilidade se viria algum carro no sentido contrário, resolveram reduzir e retornar para trás do caminhão, nesse exato momento a curva estava mais próxima, foi quando um Corolla em alta velocidade surgiu após fazer a curva, falo alta velocidade, pois o casal de amigos que estava no carro a frente nem viram direito o Corolla surgir (e passar muito próximo por estar fazendo a curva fechada demais), nesse momento meu irmão estava olhando para ver o que tinha acontecido e retornando "do meio da pista", ou seja, em nenhum momento ele quis iniciar uma ultrapassagem e por estar atrás de um caminhão e dois carros, sua velocidade era no máximo 80km/h.

Foi quando o Corolla apareceu em milésimos de segundos e pegou todo lado esquerdo do meu irmão, arremessando ele e minha cunhada pelo asfalto e logo depois o Corolla se chocou de frente no caminhão que vinha atrás do meu irmão. O resultado de toda essa tragédia, foi o falecimento da minha cunhada e do casal do Corolla.

O motorista do caminhão relatou que resolveu tirar da moto e quando viu o Corolla já estava em cima. Estou esperando o resultado da perícia para saber qual era a velocidade do Corolla, o casal da frente não soube me dizer e nem poderia, mas eles calculam acima de 140km/h. Espero ter esclarecido a todos, pois fiquei impressionado como as pessoas aumentam e inventam coisas sem se quer terem participado do acidente. Mais uma vez obrigado a todos pelas palavras de apoio nesse momento tão difícil e dolorido.

FIQUEM COM DEUS E MUITA ATENÇÃO NO TRÂNSITO.

 

Cris Ribeiro

644053 570726806327694 403517886 nOi amiga Cris, ainda tento reunir forças e juntar os nossos pedaços que também ficaram no local do acidente para tentar deixar aqui algumas palavras de conforto aos que ficaram. Inacreditável que tenha realmente acontecido, ainda acredito que vamos acordar deste sonho.

Tento pensar que as imagens que seguem martelando em minha cabeça são pensamentos irreais e não aconteceram. Depois de tantos quilômetros e viagens juntos nestes últimos dez anos nunca pude imaginar que algo assim pudesse realmente acontecer. Quando fui buscar alguma foto para deixar aqui nesta memória é que me dei conta que tu e o Rafa estão em praticamente todas elas!

Como serão as viagens a partir de agora? Cris, podes ter certeza que se foste a escolhida para ires antes de nós é por que és o espírito mais evoluído e puro dentre todos. Nossa pequena Anita perdeu uma Dinda, mas ganhou um anjo protetor, faremos todo o possível para que sua memória e imagem sorridente e protetora jamais se apague da memória dela. Adeus amiga, foi uma honra ter vivido e estado ao seu lado até os últimos momentos. Minha concepção de vida mudou, para muito melhor, neste nosso último dia juntos. Abraço do amigo. Cristiane, Rafael, Cris e Cimara.

 

Cris Ribeiro

Rafael Morales amigo, de todos nós que passamos por esta experiência terrível juntos, você será aquele a ter de enfrentar o fardo mais pesado nos próximos anos, sua luta apenas iniciou.

O corpo está muito machucado, mas este é o que cicatriza mais rápido, as cicatrizes na lembrança é que são as mais duras de fecharem, elas fecharão com certeza, podem ser profundas, podem deixar marcas, mas fecharão velho amigo. Fique tranquilo, não deixe nenhum tipo de culpa lhe consumir, nós estávamos lá, passamos juntos por tudo, sabemos que o que aconteceu foi uma triste fatalidade.

Não cansava de dizer a Ci que se havia uma pessoa que confiaria cegamente levar minha filha para qualquer lugar seria você. Quantos mil quilômetros fizemos juntos? Jamais vi você cometer um erro sequer, um pisca no momento errado, nada, sempre foi para mim um exemplo. Infelizmente amigo, esta nossa vida não perdoa. Fique tranquilo, estávamos juntos, presenciamos tudo juntos, ainda não entendo também de onde saiu aquele maldito carro, escapamos nós por um milésimo de segundo, infelizmente nesta viagem combinamos que você viria atrás e, como sempre, você honrou o combinado. Um dia talvez entenderemos as razões do Universo para esta experiência que estamos atravessando. Força amigo, conte conosco, podes ter certeza que tens mais amigos rezando por você aqui do que pode imaginar.

 

Gabriel Morales

Cristiane Zinke, muito obrigado por tudo, guardo inúmeras lembranças tuas, te conheci anos antes do meu irmão e o destino fez com que tu viesse ser minha cunhada, enfim, historias existem várias, posso dizer que essa foto mostra muito de ti. Quero que saibas que muitas pessoas estão nesse momento tomando atitudes em suas vidas que talvez demorassem anos ou nem as tomariam, pensando e enxergando o mundo de uma forma melhor. Muito obrigado e até....sim até logo, pois nosso tempo aqui é rápido (50, 60 anos) e logo todos estaremos juntos. Fica bem e procure cuidar de nós. Beijos do cunhado que tu tanto ama, o "negão".

 

Adriane Zinke Dos Reis

Cris....minha irmã querida....
Já sinto tua falta....dor, tristeza, saudade, lembranças...
Minha parceira de tênis, de festas, de confissões....
vou lembrar sempre de ti...em especial, como nos últimos tempos....tomando sorvete na Prawer....café na Padaria São Pedro.....das bobagens, das risadas....
Tive a sensação, que a qualquer momento, ali, deitada e tão serena...tu ia acordar...
A despedida foi difícil, mas fizemos da maneira que tu queria que fosse...
Júnior e eu, faremos o possível para estar perto do Pai e da Mãe....amparando e dando forças pra eles...
Viu a imensidade de flores que recebeu? E a infinidade de pessoas que foram se despedir de ti?
Somos uma família querida e tu em especial...
Fica com Deus e descansa em paz!
Agradeço a todos, que de uma forma ou de outra nos consolaram neste momento tão trágico.
Ao Rafael...muita luta, força e fé...Não desiste!


Vincere Espaço Saúde

A nossa professora. A professora de tênis de Gramado e de tanta gente. Aquela que encantava com sua simplicidade . Somos gratos a todos os momentos incríveis que viveu conosco, somos gratos pela pessoa correta que ao mesmo tempo que aprendia ensinava. Esse sorriso que alegrou muitas manhãs geladas de segunda-feira de treino na academia... A professora... Pra ti não existia tempo ruim, que fazia sempre o que era importante para se sentir bem e para que os demais também se sentissem da mesma forma. Ontem ainda te desejamos: ótima viagem Cris. Boa prova" com a certeza que voltaria semana que vem com o mesmo fervor de todos os dias. Mas, fomos surpreendidos pela tua ausência eterna. Serás mais uma estrelinha que iluminará nossas noites escuras. Com certeza a bolinha de tênis não picará mais da mesma forma na quadra mas tenha a certeza que nós continuaremos felizes por ter te conhecido com a certeza que somos diferentes por isso!! Um anjo!

 

Lauro Zinke Jr.

É com muita dificuldade que encontro forças para digitar estas palavras no computador, mas quero deixar minha sincera homenagem para minha irmã.No momento não existe palavras que possa descrever a profunda tristeza que nossa família está sentindo. Um abraço apertado e um ombro amigo para chorar são uma forma de amparo, que não nos faz diminuir a tristeza, mas nos dá um pouco de conforto.
Seu sorriso cativante iluminava todos os lugares aonde ela ia, era sua marca registrada!
Lembro que quando era pequeno, por volta dos 5 anos, chamava ela para fazer cafuné em minha cama!
Compartilhamos lindos momentos em uma de nossas grandes paixões: o tênis, onde aprendi a jogar com ela, além de participarmos de diversos torneios.
Apesar da idade, teve uma vida muito prazerosa junto do Rafa, onde conheceram muitos lugares e vivenciaram diversas aventuras em uma de suas paixões: viajar.
Os momentos que vivenciamos em família foram indescritíveis, principalmente durante os nossos verões na praia!
CRIS, tenho certeza que estarás iluminando nossa família!
Peço que Deus dê forças para todos nós seguirmos nossa caminhada, principalmente para o Pai, a Mãe, a Adri e eu.
Torço e rezo muito para que o Rafa possa se recuperar e que tenha força para seguir a sua vida!
A dor e a saudade serão eternas!
CRIS, MINHA IRMÃ AMADA, FIQUE COM DEUS!
COM MUITO CARINHO E AMOR, DO TEU IRMÃO JÚNIOR!

 

cristiane