A região do Parque Estadual do Caracol, foi habitada, até meados do século passado, por índios caigangues que viviam nas florestas de araucárias. Eram catadores de frutos e sementes e, eventualmente, caçadores.  Foto Tela Tomazeli

Por volta de 1863, chegou a região o primeiro colonizador europeu, juntamente com sua família. Viveram como agricultores e pecuaristas e foram, durante muitos anos, os únicos moradores do local. A partir de 1900 começaram a surgir novos colonos, madereiros e os primeiros hotéis e casas de veraneio, muito antes de existir a cidade de Canela. As pessoas eram atraídas pelo clima ameno, as florestas, a pureza do ar e das águas.

Em 1925 chega a ferrovia em Canela, que começa a crescer de forma rápida, principalmente em função da exploração, escoada pela estrada de ferro. Rapidamente o parque tornou-se o local mais visitado do Rio Grande do Sul. A moderna infra-estrutura existente permite ao visitante um melhor aproveitamento dos recursos, como painéis interpretativos, trilhas ecológicas, estrutura de lazer, lancheria, restaurante, lojas de artesanato e uma escadaria de 927 degraus que leva os visitantes até a base da cascata.

História, natureza e infra-estrutura. Até hoje, tudo que foi dito sobre o Parque Estadual do Caracol, não tem nada de exagero, afinal estamos falando do 2 º ponto mais visitado do Sul do Brasil. Venha para o Parque do Caracol. A natureza espera por você.

Acesse informações completas: http://www.parquedocaracol.com.br/