Fotógrafos

Tela Tomazeli

Tela Tomazeli

http://www.gramadomagazine.com.br

Empresaria de Eventos / Bacharel em Turismo

Gramado e suas Hortênsias

Gramado e suas Hortênsias

Crédito: Tela Tomazeli

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

E-mail do colunista: tela@telatomazeli.com.br

O conteúdo da coluna assinada assim como as imagens é de responsabilidade do colunista.

Tannenbaumfest, veja a festa e a decoração dos Pinheirinhos em Gramado

27/11/2016
Tannenbaumfest, veja a festa e a decoração dos Pinheirinhos em Gramado

Lindo, pinheirinho retrô! Crédito Tela Tomazeli

 

O Pinheirinho mais citado, no espaço de comentários, que fica no final da postagem, será premiado pela www.gramadomagazine.com.br com seis meses de anuncio/banner lateral, tamanho 222px, Altura: 100px. No seu comentário, diga porque gostou do Pinheiro. A premiação estará valendo a partir de 30 comentários postados, independente do pinheiro, a soma de comentários deve ser 30 para iniciar.

A editoria da revista também escolherá um Pinheiro e este também terá seis meses de anuncio gratuito.

Vamos numerar os Pinheiros, pois alguns não possuem nome, que ficaram fora da imagem ou não tinha no vaso. Depois da votação que encerra dia 10 de dezembro, vamos ao local, identificamos e em seguida chamamos os premiados.

Está valendo, é a www.gramadomagazine.com.br / Tela Tomazeli Eventos / Gramado de Bicicleta fazendo sua parte no Natal Luz de Gramado.

Uma gentileza: Caso eu tenha esquecido Pinheiro ou algum esteja duplo, agradeço se me avisarem: tela@telatomazeli.com.br,

 

Pinheiros na Avenida Borges de Medeiros já decorados.

Clique nas imagens para ampliar.

1

Crédito: Tela Tomazeli

 

2

Crédito: Tela Tomazeli

 

3

Crédito: Tela Tomazeli

 

4

Crédito: Tela Tomazeli

 

5

Crédito: Tela Tomazeli

 

6

Crédito: Tela Tomazeli

 

7

Crédito: Tela Tomazeli

 

8

Crédito: Tela Tomazeli

 

9

Crédito: Tela Tomazeli

 

10

Crédito: Tela Tomazeli

 

11

Crédito: Tela Tomazeli

 

12

Crédito: Tela Tomazeli

 

13

Crédito: Tela Tomazeli

 

14

Crédito: Tela Tomazeli

 

15

Crédito: Tela Tomazeli

 

16

Crédito: Tela Tomazeli

 

17

Crédito: Tela Tomazeli

 

18

Crédito: Tela Tomazeli

 

19

Crédito: Tela Tomazeli

 

20

Crédito: Tela Tomazeli

 

21

Crédito: Tela Tomazeli

22

Crédito: Tela Tomazeli

 

23

Crédito: Tela Tomazeli

 

24

Crédito: Tela Tomazeli

 

25

Crédito: Tela Tomazeli

 

26

Crédito: Tela Tomazeli

 

27

Crédito: Tela Tomazeli

 

28

Crédito: Tela Tomazeli

 

29

Crédito: Tela Tomazeli

 

30

Crédito: Tela Tomazeli

 

31

Crédito: Tela Tomazeli

 

32

Crédito: Tela Tomazeli

 

33

Crédito: Tela Tomazeli

 

34

Crédito: Tela Tomazeli

 

35

Crédito: Tela Tomazeli

 

36

Crédito: Tela Tomazeli

 

37

Crédito: Tela Tomazeli

 

38

Crédito: Tela Tomazeli

 

39

Crédito: Tela Tomazeli

 

40

Crédito: Tela Tomazeli

 

41

Crédito: Tela Tomazeli

 

42

Crédito: Tela Tomazeli

 

43

Crédito: Tela Tomazeli

 

44

Crédito: Tela Tomazeli

 

45

Crédito: Tela Tomazeli

 

46

Crédito: Tela Tomazeli

 

47

Crédito: Tela Tomazeli

 

48

Crédito: Tela Tomazeli

 

49

Crédito: Tela Tomazeli

 

50

Crédito: Tela Tomazeli

 

51

Crédito: Tela Tomazeli

 

52

Crédito: Tela Tomazeli

 

53

Crédito: Tela Tomazeli

 

54

Crédito: Tela Tomazeli

 

55

Crédito: Tela Tomazeli

 

56

Crédito: Tela Tomazeli

 

57

Crédito: Tela Tomazeli

 

58

Crédito: Tela Tomazeli

 

59

Crédito: Tela Tomazeli

 

60

Crédito: Tela Tomazeli

 

61

Crédito: Tela Tomazeli

 

62

Crédito: Tela Tomazeli

 

63

Crédito: Tela Tomazeli

 

64

Crédito: Tela Tomazeli

 

65

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

66

Crédito: Tela Tomazeli

 

67

Crédito: Tela Tomazeli

 

68

Crédito: Tela Tomazeli

 

69

Crédito: Tela Tomazeli

 

70

Crédito: Tela Tomazeli

 

71

Crédito: Tela Tomazeli

 

72

Crédito: Tela Tomazeli

 

73

Crédito: Tela Tomazeli

 

74

Crédito: Tela Tomazeli

 

75

Crédito: Tela Tomazeli

 

76

Crédito: Tela Tomazeli

 

77

Crédito: Tela Tomazeli

 

78

Crédito: Tela Tomazeli

 

79

Crédito: Tela Tomazeli

 

80

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

81

Crédito: Tela Tomazeli

 

82

Crédito: Tela Tomazeli

 

83

Crédito: Tela Tomazeli

 

84

Crédito: Tela Tomazeli

 

85

Crédito: Tela Tomazeli

 

86

Crédito: Tela Tomazeli

 

87

Crédito: Tela Tomazeli

 

88

Crédito: Tela Tomazeli

 

89

Crédito: Tela Tomazeli

 

90

Crédito: Tela Tomazeli

 

91

 

92

 

93

Crédito: Tela Tomazeli

 

94

Crédito: Tela Tomazeli

 

95

Crédito: Tela Tomazeli

 

96

Crédito: Tela Tomazeli

 

97

Crédito: Tela Tomazeli

 

98

Crédito: Tela Tomazeli

 

99

Crédito: Tela Tomazeli

 

100

Crédito: Tela Tomazeli

 

101

Crédito: Tela Tomazeli

 

102

Crédito: Tela Tomazeli

 

103

Crédito: Tela Tomazeli

 

102

Crédito: Tela Tomazeli

 

105

Crédito: Tela Tomazeli

 

106

Crédito: Tela Tomazeli

 

107

Crédito: Tela Tomazeli

 

Montagem dos pinheirinhos.

O Tannembaumfest, Festa dos Pinheirinhos, evento tradicional dentro do Natal Luz de Gramado, aconteceu no último sábado e, ao que eu lembro, é record em número de pinheiros desde o seu início. Vamos aqui registrar a montagem.

As empresas locais e de fora que possuem ligação com Gramado, colocaram na Avenida Borges de Medeiros seus diretores, funcionários ou profissionais que ficaram responsáveis pela decoração dos pinheiros.

A Cantina Pastasciutta manteve a tradição, servindo espumante e tendo cantoria italiana. E, ao longo na Avenida, a Parada de Natal fez o trajeto para alegria dos turistas. A cidade esteve lotada neste final de semana. Em breve as fotos dos pinheiros prontos e com iluminação.

Clique nas imagens para ampliar!

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

 

Crédito: Tela Tomazeli

E-mail do colunista: tela@telatomazeli.com.br

O conteúdo da coluna assinada assim como as imagens é de responsabilidade do colunista.

Luiz Carlos Damasceno, o leitor e suas memórias de Gramado

Boa noite Tela, acompanho e adimiro o seu trabalho e sua revista eletrônica Gramado Magazine e através dela já entrei em contato algumas vezes com você. Moro em Gramado a pouco mais de um ano, mas tenho apartamento aqui há cinco anos e atualmente tenho uma pousada e Canela.

Revendo algumas fotos antigas achei algumas que tirei numa visita a Gramado no início de 2004, isto é a 12 anos, quando ainda nem sonhava em morar aqui. Nelas, que divido com você, achei três aspectos interessantes:

Na foto 1 e 2, no Lago Joaquina Rita Bier atual e antiga vê-se que havia uma segunda ponte ligando a margem a ilha do lago.

Nas fotos 3 e 4 vê-se o quanto mudou a vegetação da ilha, as árvores foram totalmente removidas, devido ao espetáculo Nativitaten do Natal Luz.

As fotos 5 e 6 no mesmo Lago J. R. Bier, na foto de 2004 mostra o paredão de hortênsias que nos últimos anos não puderam ser mais visto devido as arquibancadas do referido espetáculo.

Luiz Carlos Damasceno

 

1

2

 

3

4

 

5

6

 

Ótimo registro Luiz Carlos. A ponte que não está mais no local foi construida, não lembro o ano, por ocasião da visita do então presidente da República Fernando Henrique Cardoso. Sim, o Natal Luz destruiu o verde do parque.

Um abraço e, obrigado, mande seus registros sempre, serão muito bem vindos.

Tela

 

E-mail do colunista: tela@telatomazeli.com.br

O conteúdo da coluna assinada assim como as imagens é de responsabilidade do colunista.

Kikito de Cristal, uma homenagem a atriz argentina Cecília Roth

08/09/2016
Kikito de Cristal, uma homenagem a atriz argentina Cecília Roth

44º Festival de Cinema de Gramado - 02/09/2016 - Coletiva de imprensa com a atriz Cecilia Roth, homenageada com o Troféu Kikito de Cristal na fábrica "Cristais de Gramado", onde participou da produção do troféu para a próxima edição do Festival - Foto: Edison Vara/Pressphoto

 

Telmo de Freitas Gomes e Irane Land recepcionando Cecilia Roth na fábrica da Cristais de Gramado. Foto: Edison Vara/Pressphoto 

 

Telmo de Freitas Gomes explicando o processo de produção do Kikito de Cristal que é feito com folhas de ouro. Foto: Edison Vara/Pressphoto 

 

Foto: Edison Vara/Pressphoto 

 

Marcus Santuario, curador do Festival de Cinema de Gramado, conduzindo a coletiva de imprensa na fábrica da Cristais de Gramado. Foto: Edison Vara/Pressphoto 

 

Foto: Edison Vara/Pressphoto 

 

A atriz Cecilia Roth recebe o Troféu Kikito de Cristal do ator Cesar Troncoso- Foto: Cleiton Thiele/Pressphoto 

 

O evento

Kikito de cristal colecionável, Cristais de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Convite, com Kikito colecionável, para coletiva da atriz Cecília Roth, homenageada com o Kikito de Cristal. Crédito Tela Tomazeli

 

O espaço da coletiva, dentro da fábrica. Crédito Tela Tomazeli

 

Aplausos dos convidados da Coletiva para as suqueiras com água saborizada e, divertido jogo de copos de cristal coloridos, Cristais de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Recepção aos jornalistas, antes do coquetel e da coletiva, um mimo tira gosto. Crédito Tela Tomazeli

 

Mais aplausos para o cquetel, após a coletiva da atriz argentina com a gastronomia do Magnólia que teve de sobremesa mini churros. Crédito Tela Tomazeli

 

Conceito e organização: Tela Tomazeli Eventos e equipe Cristais de Gramado

 

E-mail do colunista: tela@telatomazeli.com.br

O conteúdo da coluna assinada assim como as imagens é de responsabilidade do colunista.

Festival de Cinema, atores continuam chegando a Gramado

Festival de Cinema, atores continuam chegando a Gramado

Porque chocolate e Festival combinam! A Caracol lançou novidades deliciosas...Crédito divulgação

 

Sophie Charlotte - Atriz do Longa Metragem Brasileiro "Tamo Junto" - Foto: Edison Vara/Pressphoto

 

Sophie Charlotte - Atriz, Matheus Souza - Diretor e Leandro Soares - ator do Longa Metragem Brasileiro "Tamo Junto" - Foto: Edison Vara/Pressphoto 

 

Apresentadores do Festival de Cinema de Gramado : Leonardo Machado - Marla Martins - Renata Boldrini - Foto: Edison Vara/Pressphoto 

 

João Pedro Till - Presidente da Gramadotur e Cecilia Roth - Atriz homenageada com o Troféu Kikito de Cristal, - Foto: Edison Vara/Pressphoto 

 

Marcos Santuario - Curador, César Troncoso - Ator e Verónica Perrotta - Diretora - Foto: Edison Vara/Pressphoto 

 

Ator Murilo Rosa - Foto: Edison Vara/Pressphoto 

 

essão Infantil - As Aventuras do Pequeno Colombo, de Rodrigo Gava - Foto: Carlos Mossmann/Pressphoto 

E-mail do colunista: tela@telatomazeli.com.br

O conteúdo da coluna assinada assim como as imagens é de responsabilidade do colunista.

44⁰ Festival de Cinema de Gramado

01/09/2016
44⁰ Festival de Cinema de Gramado

Crédito Tela Tomazeli

 

Imprensa: aqui é a coletiva, sim com o fundo das pernas no Kikito. Não sobe no Tapete Vermelho, sim com o fundo da bunda do Kikito. Tony Ramos que, antes de adentrar o Tapete Vermelho ficou no minimo 5 minutos recebendo instruções de como se comportar ou, portar. Parece para para o próximo ano, para cruzar o Tapete Vermelho será entregue um manual de instruções, afffffff. Crédito Tela Tomazeli

 

Que pessoa elegante e educada. Crédito Tela Tomazeli

 

Recebendo das mãos do prefeito Nestor Tissot o Troféu Cidade de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Ninando o Troféu. Crédito Tela Tomazeli

 

Uma homanegem especial, um lugar especial, um festival especial, uma cidade especial. Crédito Tela Tomazeli

 

Sobre a iluminação cênica no Tapete Vermelho e Palácio dos Festivais

Um trabalho bacana, muito elogiado, foi realizado na questão cenográfica desde o Tapete Vermelho ao palco do Palácio dos Festivais, pela empresa Histórias Incríveis Entretenimento. Porém, além de tantos exercícios exigidos dos fotógrafos para pegar o Kikito inteiro, a questão da iluminação é o que tem gerado mais comentários nos bastidores. Acredito sinceramente que uma equipe deva conversar. Quando falo em equipe, falo em sistema de rede, uma engrenagem que atinge todos os setores. Sim, sabemos que a luz é parte fundamental num projeto cênico, trabalhamos com eventos, porém, fica para a equipe de cenografia a sugestão para que veja o ‘lado do próximo’ não somente o seu.

 

Vão prá galera!

Iam! Este ano a cenografia, muito elogiada, esta engessando algumas questões no Tapete Vermelho. A temperatura do Festival de Cinema de Gramado sempre foi as laterais do Tapete Vermelho. Cheio, sucesso! Vazio, Festival ruim.  Bem, este Festival está muito bom, isso inclui vários fatores, inclusive a mudança da direção de eventos da GramadoTur, hoje com Enzo Arns a frente. Acontece que, para obedecer o cerimonial que inclui música, luz, fumaça, etc... os artistas, principalmente os homenageados, estão sendo ‘inibidos’ a ir até o público.

Esta questão deve ser avaliada com muito cuidado pela Gramadotur, aliás como outras em outros eventos. A empresa, chegando em Gramado para prestar serviço, deve sim, aculturar-se, pois tem alguns fatores que fazem parte do sucesso ou não do evento. Tudo que temos aqui foi conquistado com muita labuta e, sim, novas ideias sempre são bem vindas, porém, existem alguns ingredientes da receita que devem permanecer. Quem é gramadense sabe.

 

Kikito de Cristal

Nesta sexta-feira (2), a Cristais de Gramado realiza um evento que deve fazer parte da programação oficial do Festival de Cinema de Gramado, a partir do próximo ano. O convidado internacional, que é homenageado com o Kikito de Cristal, irá até a fábrica para dar início ao Kikito do próximo homenageado.  Na ocasião, a imprensa oficial é recepcionada e, no mesmo local acontece a coletiva oficial, este ano, com a atriz argentina Cecilia Roth. Em seguida, imprensa e convidados, exclusivos do Festival de Gramado, serão recepcionados num happy hour assinado pelo Restaurante Magnólia.

 

Comida prá que te quero

Sobre o comentário do jornalista Rogér Lerina na Zero Hora, eu sugiro que os gramadenses assistam os filmes no Palácio dos Festivais, até o final das sessões e, ao sair, de madrugada, busquem um local para comer.Os jornalistas credenciados, com hospedagem e alimentação ou não, não estão em Gramado a passeio. Os veículos, para envia-los, exigem retorno de trabalho. Eles acompanham tudo, pois são responsáveis pela crítica e sim, isso engloba a infraestrutura oferecida pela cidade sede do evento. Esta questão é discussão diária com as equipes de trabalho, que estão comprando alimentos em mercados, para quando chegam de madrugada, possam comer no quarto do hotel. Sim, existe um gerenciamento de gasto porque, ou tem ticket fornecido pelo Festival ou tem diária fornecida pelo veículo. Sim, não há como desembolsar uma semana de alimentação do próprio bolso em Gramado. Isso não é uma crítica, é a realidade. Sim, jornalista tem salário.

 

Atores Sebastião Fonseca e Lize Souza com as representantes do Instituto Anita Garibaldi - Foto: Cleiton Thiele/Pressphoto 

 

Sessão Especial: Filme "Cromossomo 21" - Foto: Edison Vara/Pressphoto 

 

Tietagem com Andreia Horta. Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Reynaldo Gianechinne. Crédito Tela Tomazeli

 

Gianechinne e Débora Evelyn em coletiva sobre o filme Diminuta. Crédito Tela Tomazeli

 

Villa Sergio Bertti, local de muitos encontros durante o festival. Crédito Tela Tomazeli

 

Carolina Dickmann. Crédito Tela Tomazeli

 

Carolina Dickmann. Crédito Tela Tomazeli

 

Carolina Dickmann. Crédito Tela Tomazeli

 

Carolina Dickmann. Crédito Tela Tomazeli

 

A atriz Rachel Griffiths em Gramado para apresentar o Longa-Metragem "Mammal" em sessão comentada no Palácio dos Festivais, uma parceria com o prestigiado Festival de Sundance - Foto: Edison Vara/Pressphoto 

E-mail do colunista: tela@telatomazeli.com.br

O conteúdo da coluna assinada assim como as imagens é de responsabilidade do colunista.

Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado

Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado

Kikito. Crédito Tela Tomazeli

Clique nas imagens para ampliar!

Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Autoridades. Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Josiano Schmit. Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Alunos do Educavideo. Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Jeferson Costa. Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Jandira Tisso, teti Till. Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

 João Pedro Till, Presidente da Gramadotur; Nestor Tissot, Prefeito Municipal de Gramado; Alfredo Bertini Diretor do Cine PE; Marcelo Calero, Ministro da Cultura. Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Secretario da Cultura e de Turismo interino do RS, Vitor Hugo.   Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

O mais antigo festival de cinema em atividade ininterrupta no Brasil – Gramado – abriu sua 44ª edição

Celebrando o interesse crescente que desperta entre produtores audiovisuais do Brasil e da América Latina. “Batemos todos os recordes em 2016, com 931 filmes inscritos”, contabilizou o presidente da Gramadotur, autarquia municipal dedicada à realização de eventos na cidade, João Pedro Till.

Além do Brasil, outros nove países estão representados na mostra competitiva de longas-metragens estrangeiros. Mais de 300 jornalistas se credenciaram para cobrir o evento, que é acompanhado de perto por 150 veículos de comunicação.

Números que revelam a grandiosidade do evento e reafirmam sua importância, não só para a identidade cultural do Rio Grande do Sul e do Brasil, mas também como polo de desenvolvimento da economia. “Este é o evento que mais propagou a imagem da nossa cidade no país”, reconheceu o profeito, Nestor Tissot.

Foi justamente esse o eixo central do discurso do ministro da Cultura, Marcelo Calero. “A cultura é um eixo estratégico de desenvolvimento, porque gera emprego, renda e impostos para induzir outras áreas”, defendeu.

Foi a primeira vez na história do festival que um ministro da Cultura prestigiou a cerimônia de abertura. “Sua presença aqui hoje transforma Gramado na capital nacional da Cultura”, elogiou o secretário estadual de Turismo e Cultura, Victor Hugo.

 

Elogio às leis de incentivo à cultura

Em sua fala, Calero assegurou ainda a manutenção e o fortalecimento da Lei Rouanet, que garante benefícios fiscais a empresas que invistam em cultura. “Nunca vai terminar, embora seja essencial a sua modernização”, pontuou.

O secretário estadual de Turismo e Cultura, Victor Hugo, também reconheceu a importância da Lei de Incentivo à Cultura do Rio Grande do Sul e do trabalho desenvolvido pelo Conselho Estadual da Cultura, que analisa os projetos inscritos. “Neste Estado, governo e conselho trabalham juntos pelo desenvolvimento cultural”, afiançou.

 

Autoridades projetam 45 anos

A proximidade da edição de número 45, que será realizada em 2017, levou autoridades a projetarem o momento histórico. “Sou um sonhador como muitos que estão aqui e por isso desejo de alma, coração e pensamento que estejamos todos aqui nos 45 anos. Vamos olhar para frente e reverenciar o passado”, celebrou Victor Hugo.

A festa de abertura encerrou com a execução de canções das trilhas sonoras do filme Os Miseráveis e da série de televisão Game Of Thrones pela Orquestra Sinfônica de Gramado, que foi muito aplaudida pelo público. Pauta - Conexão e Conteúdo

 

Maestro Bernardo Grins e Alln John Lino. Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Orquestra Sinfônica de Gramado. Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

A trilha sonoro oficial do Festival de Cinema de Gramado. Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Tapete Vermelho. Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Abertura do 44º Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

PROGRAMAÇÃO

Sábado, 27

16h – Museu do Festival
Coletiva de imprensa com Tony Ramos

17h – Sociedade Recreio Gramadense
Debate Mostra Gaúcha

19h – Palácio dos Festivais
Mostras competitivas (Curta: Black Out, direção coletiva; Longa brasileiro: Elis, de Hugo Prata)

21h30 – Palácio dos Festivais
Entrega do Troféu Cidade de Gramado para o ator Tony Ramos

22h – Palácio dos Festivais
Mostras competitivas (Curta: Aqueles Cinco Segundos, de Felipe Saleme; Longa brasileiro: O roubo da taça, de Caito Ortiz)

Domingo, 28

10h30 – Palácio dos Festivais
Filme convidado: Verdes Anos, de Carlos Gerbase e Giba Assis Brasil

10h30 – Sociedade Recreio Gramadense
Debate dos filmes em competição (Curtas: Black Out, direção coletiva, e Aqueles Cinco Segundos, de Felipe Saleme; Longas brasileiros: Elis, de Hugo Prata, e O roubo da taça, de Caito Ortiz)

10h30 – Sociedade Recreio Gramadense
Painel “Coprodução e Internacionalização do Audiovisual Brasileiro”, com Eduardo Valente, Fernando Dias, Luis Antônio Silveira e mediação de Leo Sassen

14h30 – Palácio dos Festivais
Mostra Gaúcha (O Jardim dos Amores de Woody Allen, de Gustavo Spolidoro; Carol, de Mirela Kruel; Venatio, de Ulisses da Motta; Escotofobia, de Rafael Saparelli; Bandidos Desalmados, de Zaracla; A rua das casas surdas, de Flávio Costa e Gabriel da Fonseca Mayer; Objetos, de Germano de Oliveira; Pobre Preto Puto, de Diego Tafarel)

15h – Sociedade Recreio Gramadense
Lançamento do livro “Verdes Anos - Memórias de um Filme e de uma Geração” e debate com a autora Alice Trusz e com os diretores do filme Carlos Gerbase e Giba Assis Brasil

15h – Sociedade Recreio Gramadense
Encontro Diretores Brasileiros de Cinema e Audiovisual

17h – Sociedade Recreio Gramadense
Debate Mostra Gaúcha

17h30 – Sociedade Recreio Gramadense
Master Class de Roteiro com Marçal Aquino

19h – Palácio dos Festivais
Mostras competitivas (Curta: Lúcida, de Caroline Neves e Fabio Rodrigo; Curta: A Página, de Guilherme Andrade; Longa brasileiro: O Silêncio do Céu, de Marco Dutra)

21h30 – Palácio dos Festivais
Premiação da Mostra Gaúcha – Troféu Assembleia Legislativa 

E-mail do colunista: tela@telatomazeli.com.br

O conteúdo da coluna assinada assim como as imagens é de responsabilidade do colunista.

Festival de Cinema de Gramado 2016, a noite de Sonia Braga

Festival de Cinema de Gramado 2016, a noite de Sonia Braga

Sonia Braga recebe o Troféu Oscarito no 44⁰ Festival de Cinema de Gramado. Crédito Tela Tomazeli

Clique nas imagens para ampliar!

Reunião da direção artistica com jornalistas, fotógrafos e cinegrafistas para passar o manual de instruções de como, quando e onde fotografar. Regras para aproveitamento de trilha, tapete vermelho, luz...Crédito Tela Tomazeli

 

Entrada de convidados e público que adquiriu o ingresso antes da chegada da homenageada. Somente duas pessoas para a leitura dos ingresso causou lentidão. Crédito Tela Tomazeli

 

Hiron Goidanich e esposa Deise. Crédito Tela Tomazeli

 

Vera Roloff e Gilnei Benetti. Crédito Tela Tomazeli

 

Luis Alfredo Brizueña, Cesar Marques, Wilfrido Augusto Marques.Crédito Tela Tomazeli

 

Imprensa disputando espaço para receber a atriz. Crédito Tela Tomazeli

 

Chegou! Uma elegancia bem humorada. Será que seria esta a definição para Sonia Braga? Sei lá! O que me mostra é vida em cada traço, em cada gesto. Olhos aguçados que brilham e exalam alegria! Você é linda Sonia Braga. Crédito Tela Tomazeli

 

“Minha relação é de puro amor com as câmeras”, conta Sonia Braga, a homenageada do Troféu Oscarito

Um dia antes de conceder sua entrevista oficial para o Festival de Cinema de Gramado, Sonia Braga havia feito, em Nova York, um teste de câmera. Ao chegar ao estúdio, foi apresentada à marca onde deveria se posicionar para a gravação. A atriz, no entanto, resolveu quebrar a cerimônia: circulou pelo set, observou bem o ambiente e foi até o diretor de fotografia para cumprimentá-lo. “Ele, surpreso, quase caiu da cadeira quando ultrapassei essa linha que costumam colocar entre quem está à frente e atrás das câmeras. Nós nos abraçamos e eu agradeci a toda equipe por aquele encontro. Não podemos dispensar essa troca, esse dia de vida que vamos ter juntos”, relata. Esses são métodos adotados desde sempre por Sonia, que dispensa com veemência o título de “atriz profissional” e as formalidades em uma equipe de cinema. Para ela, não faz sentido colocar barreiras no processo criativo realizado por um coletivo. Afinal, “em um set, todos estão trabalhando com um mesmo objetivo: fazer o melhor filme possível”. 

 

Com o diretor do filme "Aquarius" Kleber Mendonça Filho. Crédito Tela Tomazeli

 

Dos holofotes da Riviera Francesa ao charme da Serra Gaúcha

O mesmo senso de troca e colaboração existe na Sonia Braga fora do set. Depois de brilhar no Tapete Vermelho com seus lenços esvoaçantes e arrebatar a crítica do prestigiado Festival de Cannes com sua performance em “Aquarius”, novo longa-metragem do pernambucano Kleber Mendonça Filho, a atriz de clássicos do cinema brasileiro como “Dona Flor e Seus Dois Maridos” e “O Beijo da Mulher-Aranha” trocou os holofotes da Riviera Francesa pelo charme da Serra Gaúcha. E não foi apenas para apresentar “Aquarius”, hors-concours, junto à equipe, ela recebeu a mais tradicional homenagem do Festival de Cinema de Gramado: o Troféu Oscarito, distinção dedicada a grandes atores do cinema brasileiro.

 

Crédito Tela Tomazeli

 

O maior prêmio que um ator pode receber é o trabalho

Mesmo adorando a relação que estabelece com fotógrafos e jornalistas, Sonia Braga ainda não se acostumou com celebrações. “É incrível e muito bonito, sem dúvida, mas ainda acho muito estranho essa ideia de receber uma homenagem, pois acho que o maior prêmio que um ator pode receber é o trabalho. O que vem depois disso é apenas a consequência do amor pelo cinema”, avalia a intérprete.

 

Crédito Tela Tomazeli

 

A primeira vez em Gramado

É a primeira vez que Sonia Braga vem a Gramado, mesmo já tendo em casa dois Kikitos por suas performances em “Eu Te Amo” (1981) e “Memórias Póstumas” (2001). Ela mora há 25 anos em Nova York, onde consolidou uma carreira que lhe proporcionou participações que vão desde seriados populares como “Sex and the City” a filmes dirigidos por Clint Eastwood e Robert Redford, mas faz questão de reforçar a ideia de que nunca se desconectou do Brasil. “Existe essa sensação de que, se estou longe, não faço mais parte da cultura brasileira. A verdade é que levei o Brasil por todos os lugares onde viajei ao redor do mundo. Sempre fui uma representante do meu país”, conta.

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Operação resgate

A homenageada do troféu Oscarito não trabalha tanto quanto gostaria no Brasil também em função de simplesmente não receber convites, o que, segundo ela, é resultado de uma certa cerimônia dos realizadores com determinados ídolos. E foi justamente a quebra desse paradigma que já chamou a atenção da atriz para “Aquarius”. “Essa relação já começou diferente porque todos trabalham com a ideia de que não existem limites. Para eles, se é para pensar, que seja bem alto. Pedro Sotero sugeriu meu nome, a equipe entrou em contato comigo e o resultado foi que, poucos dias depois de receber o roteiro, eu já estava embarcando no projeto. Foi uma operação resgate”, brinca Sonia.

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Criticas entusiasmadas sobre o filme em Cannes

Sobre o filme que lhe rendeu críticas entusiasmadas no Festival de Cannes deste ano, diz ter realizado o antigo sonho de estar em um set de cinema plenamente democrático e que, caso pudesse reviver as gravações de apenas um filme entre todos de sua carreira, esse seria o escolhido. “Sempre fiquei muito constrangida de fazer ensaios porque não sou boa neles, mas com Kleber [Mendonça Filho, o diretor], perdi essa vergonha. Ele mexeu em botões que me transformaram. Talvez por me olhar como um ser humano e não apenas como atriz. Estar no set de ‘Aquarius’ foi um verdadeiro sonho”, lembra. 

 

Crédito Tela Tomazeli

 

O vulcão e a serenidade de uma manteiga no pão

Sonia Braga não gosta de elencar os filmes que mais marcaram sua carreira, e sim os momentos especiais que compartilhou com amigos e colegas ao fazer cinema. Com “Eu Te Amo”, filme que trouxe a sua primeira consagração na Serra Gaúcha, ela destaca uma intimidade profissional que julga ter se esvaído com o passar dos tempos. “Eu e Paulo César Pereio andávamos nus o tempo inteiro durante as filmagens, seja na cena em si ou até mesmo no set. Qual o problema nisso? Nós todos estávamos vivendo uma mesma vida, que era intensa e impressionante. Foi tudo muito especial: o filme e as relações que estabelecemos a partir dele”, recorda. Ainda sobre o longa dirigido por Arnaldo Jabor, a homenageada diz que, nele, está uma das cenas que mais se lembra de toda a sua carreira: “Eu estava na cozinha, passando manteiga em um pão. Era só isso, mas o momento era tão palpável... Eu sentia tudo – o movimento, a personagem – e lembro de ter pensado: ‘é isso o que eu quero como atriz’. Para mim, a cena foi um completo vulcão, mas o que está na tela é de uma serenidade absoluta”.

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Fazer graça, algo diferente

A homenagem de Sonia Braga aconteceu dia 26 de agosto, mesmo dia em que “Aquarius” abriu a programação do 44º Festival de Cinema de Gramado. A atriz não poupou atenção aos fotógrafos e jornalistas para celebrar o momento. “Amo o Tapete Vermelho e os fotógrafos, que são profissionais que me dão muito alegria. Minha relação é de puro amor com as câmeras. É minha obrigação parar, fotografar e estabelecer uma relação de respeito com eles. Se eu puder fazer graça ou algo diferente, melhor ainda!
 

Crédito Tela Tomazeli

 

Entrega

Para Gramado, deixo, pelo menos, a garantia de boas fotos e entrevistas!”. Já quando as luzes se apagaram para a sessão de “Aquarius” no Palácio dos Festivais, Sonia fala em entrega: “É nesse momento que minha vida pertence a todos que respiram o mesmo ar. Juntos, naquele escuro, dividimos o mesmo cinema, a mesma sala, as mesmas surpresas. Por isso o cinema é tão bonito”. Pauta – Conexão e Conteúdo 

 

Prefeito Municipal de Gramado, Nestor Tissot  e esposa Jandira. Crédito Tela Tomazeli

 

Presidente da GramadoTur João Pedro Till e esposa Teti. Crédito Tela Tomazeli

 

Diretor de Eventos da GramadoTur, Enzo Arns e esposa Luiza Brocker Boeira. Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Cenário para entrega do Troféu. Crédito Tela Tomazeli

 

Na passarela do Palácio dos Festivais. Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Mostrando o salto. Crédito Tela Tomazeli

 

O diretor de Dona Flor e Seus Dois Maridos Bruno Barreto, entrega o Tróféu Oscarito para a atriz.  Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Palácio dos Festivais em noite de abertura e Troféu Oscarito. Crédito Tela Tomazeli

 

Equipe do filme Aquarius. Crédito Tela Tomazeli

 

O filme Aquarius, foi escolhido como hours-concours (exibido fora da competição oficial), para a abertura do Festival de Cinema de Gramado. Parte do elenco do filme veio a Gramado para assitir a exibição do longa-metragem, que estreia em circuito comercial, na próxima quinta-feira, 01 de setembro. A noite também foi de homenagem, a protagonista do filme Sonia Braga recebeu o Trofeú Oscarito.

 

 

Destaque em Cannes, "Aquarius" é reverenciado pela crítica internacional

Representante brasileiro no Festival de Cannes, "Aquarius", do diretor Kleber Mendonça Filho (de "O Som ao Redor"), vem ganhando inúmeros elogios da crítica internacional. O filme, que ainda não tem previsão de estreia no país, é descrito nos principais veículos que cobrem cinema como rico e instigante, com destaque para seu complexo "estudo de personagens" e, principalmente, para a atuação da atriz Sonia Braga, protagonista da trama. Leia mais:

Fonte: http://cinema.uol.com.br/noticias/redacao/2016/05/17/destaque-em-cannes-aquarius-e-reverenciado-pela-critica-internacional.htm

 

Mais: http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2016/08/1807546-exibicao-de-aquarius-em-gramado-comeca-com-gritos-de-fora-temer.shtml

 

cool Como não sou critica de cinema, busquei acima dois links que se aproximaram da minha opinião sobre o filme, o qual gostei muito e recomendo.

 

E-mail do colunista: tela@telatomazeli.com.br

O conteúdo da coluna assinada assim como as imagens é de responsabilidade do colunista.

19 de agosto Dia Mundial da Fotografia

19 de agosto Dia Mundial da Fotografia

Crédito Tela Tomazeli

 

Clique nas imagens para ampliar.

 

Galangal. Crédito Tela Tomazeli

 

Hotel Casa da Montanha. Crédito Tela Tomazeli

 

Guadalupe. Crédito Tela Tomazeli

 

Cantina Pastasciuta. Crédito Tela Tomazeli

 

Casa da Velha Bruxa. Crédito Tela Tomazeli

 

Galangal. Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

Crédito Tela Tomazeli

 

E-mail do colunista: tela@telatomazeli.com.br

O conteúdo da coluna assinada assim como as imagens é de responsabilidade do colunista.

Belas e interessantes imagens!

 

A beleza através de 25 Fotos

http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=1932

 

Imagens de casamento capturadas nos Olhos

http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=4607

 

Hospedagem em Hotel Bolha

http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=4371

 

15 Cinemas que vão além de Mostrar Filmes

http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=1636

 

A natureza espelhada - Magnífica e Surreal

http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=1969

 

Impressionante como o Mundo Mudou em 100 Anos!

http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=6606

 

E-mail do colunista: tela@telatomazeli.com.br

O conteúdo da coluna assinada assim como as imagens é de responsabilidade do colunista.