Sustentabilidade rural, educação técnica, drogas, sucessão da propriedade e crédito rural foram alguns dos temas tratados no V Encontro Municipal de Jovens Rurais e da II Olimpíada Regional Sinos Serra de Jovens Rurais, no sábado, 2, na Sociedade da Linha Bonita.

 

Na abertura, o secretário da Agricultura de Gramado, Alexandre Meneguzzo, disse que cerca de 100 jovens vivem da agricultura no Município e que têm um grande futuro pela frente, mesmo com tantas oportunidades de trabalho que a região oferece em outros setores.

“Nós apostamos nos jovens. Talvez, em 10 anos, possamos ser os únicos produtores de alimentos saudáveis no Estado e no País. No entanto, quando o jovem sai (da terra) e depois volta, ele perde um pouco da essência”, avaliou.

Outras questões como sucessão na propriedade, com o envelhecimento dos pais, casamento e mudança de endereço das mulheres, ‘masculinização’ do meio rural e homens partindo na busca de atividades urbanas mais rentáveis também foram colocadas.

 

ESCOLA TÉCNICA

Hora para dormir e de acordar, hora de limpar os alojamentos e os banheiros, hora de cozinhar e de estudar. Assim funciona a Escola Família Agrícola da Serra Gaúcha (EFASERRA), em São Pedro da Terceira Légua, em Caxias do Sul.

Lá os alunos (de ambos os sexos) recebem uma formação técnica, equivalente ao ensino médio, com carga horária de 400 horas, alternadas entre a EFASERRA propriedade da família.

O aluno Murilo Matté, de 16 anos, que mora com os pais em uma propriedade de 11 hectares, na localidade de Nova Palmira, interior de Caxias, contou sua experiência: “Pesquisamos em casa tudo que aprendemos e na volta à escola apresentamos um relatório para discussão”.

 

EMOÇÃO

Após o almoço, oferecidos por apoiadores do encontro, um grupo de acolhidos da Comunidade Terapêutica Vale a Pena Viver apresentou uma peça teatral mostrando experiências vividas pelos personagens como consumo de drogas, álcool, violência e exploração do tráfico.Em seguida, os jovens participantes do encontro formaram equipes para os jogos previstos na programação.

A Secretaria da Agricultura, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Gramado, a Emater, a FETAG-RS, o Conselho Regional de Jovens Rurais Sinos Serrado e agentes financeiros participaram do encontro. Texto: Roque Tomazeli