Você sabe a diferença entre mídia paga e mídia orgânica?

Crédito: Divulgação

 

Por Leonardo Wille  - Assistente de Marketing Digital na Orgânica Digital

A palavra Mídia, segundo o dicionário Aurélio, significa “qualquer meio através do qual há difusão de informações”, na derivação da palavra, mídias digitais, podem ser definidas como um conjunto de veículos e aparelhos de comunicação que tem tecnologias digitais como base e que, por meio de pagamento direto ou indireto, possibilita às empresas a propagação de peças publicitárias e comunicações diretas.. No Marketing Digital, assim como no Marketing Tradicional, esses meios, são divididos em dois, mídia paga e mídia orgânica. Embora diferentes, as duas estratégias de mídia são mais eficientes se trabalhadas lado a lado. É certo que você quer atrair mais pessoas para o seu negócio, né? Então, qual forma de veicular sua mídia pode te ajudar mais? O post de hoje tem o intuito de ajudar você a entender a sua necessidade e tornar o seu “gasto” de marketing em investimento. Vamos lá?

 

O que é a mídia paga?

Quem nunca esteve navegando em um site e percebeu um anúncio gráfico, ou uma “caixinha” verde escrita “núncio” em uma barra lateral, ou ainda encontrava-se navegando em sua linha do tempo do Facebook e viu um post com o link em cima escrito “Patrocinado”? Esses são belos exemplos de mídia paga. Para que você possa entender melhor como ambos funcionam, listei esses dois módulos que condizem com o uso dessa forma de mídia.

 

O Facebook Ads é o sistema de mídia paga do Facebook que oferece uma grande variedade de formatos de anúncios. É extremamente eficaz graças às diversas opções de segmentação disponíveis para os anunciantes o que gera maior número de conversões, é hoje uma das mídias pagas mais eficientes para o Marketing Digital. Os seus anúncios possuem uma grande variedade de formatos para a campanha, não se limitando apenas aos textos. Isso gera maiores possibilidades de conversão de acordo com o seu público.

 

O Google AdWords, é a ferramenta para gerenciar publicidade online nos sites Google e seus parceiros. Nela é onde se faz as configurações de campanhas de publicidade on-line. Com o AdWords, é possível segmentar o público que você quer que seu anúncio alcance, as pessoas que estão interessadas no seu produto ou serviço. Também é possível avaliar o resultado de suas campanhas com os vários relatórios feitos por ele.

 

O que é mídia Orgânica?

Toda vez que um conteúdo é publicado na internet, isto gera um tipo de resposta. Blogs, sites institucionais e presença nas redes sociais, basicamente qualquer estratégia de Inbound Marketing são ótimos Exemplos de mídia orgânica, curtidas e comentários em seus posts no Facebook são exemplos de manifestação orgânica. Fãs nas redes sociais podem se manter engajados com a empresa por muito tempo, criando consumidores fiéis da marca.

Mas para obter bons resultados na mídia orgânica o caminho é longo. As buscas de pesquisa orgânica são feitas em motores de pesquisa como o Google e Bing.

É importante saber como esses motores funcionam para que sua campanha de mídia orgânica se encaminhe para o sucesso. Para facilitar esse processo, a mídia paga é grande aliada nesse momento. Através de publicações patrocinadas podemos começar a criar um público, que o acompanhará e, ainda assim, ajudará no avanço dos engajamentos por meio orgânico.

 

Conclusão

Agora que você já sabe o que é mídia paga e a mídia orgânica, como funcionam, e por mais que sejam duas formas diferentes, quando caminham juntas ajudam você a alcançar seus objetivos e bater suas metas mais rápido. Ambas devem estar alinhadas com frequência, não há uma que sobressai-se em relação a outra, por isso o recomendado é buscar uma equipe especializada no assunto, que irá auxiliar você a chegar mais rápido ao sucesso.

Se você gostou de saber mais sobre o assunto, acompanhe o blog da Orgânica Digital!

O conteúdo da coluna assinada assim como as imagens é de responsabilidade do colunista.