Folia 

A rua estará fechada para garantir a diversão de crianças, jovens e adultos. A entrada é livre. Crédito Divulgação.


A programação para cair na folia no carnaval já está definida em Caxias do Sul. Os apreciadores da brincadeira contam com várias opções em diversos pontos da cidade. A coluna reuniu algumas alternativas para ninguém ficar parado e aproveitar a maior festa da cultura brasileira. 

 

Maracaxias 2017  - II edição 

Abrindo os trabalhos, Caxias contará com o som ancestral dos tambores para os festejos de Carnaval. Na sexta-feira, 24, a cidade estará em sintonia com toda celebração percussiva do país. O Maracaxias será composto por cortejo e apresentação de palco conduzidos pelos idealizadores do evento, o Maracatu Baque dos Bugres e o grupo Zingado, a partir das 19h, na Praça Dante Alighieri. Batuqueiros e foliões seguirão pela Avenida Júlio de Castilhos até o bar Zanuzi (Rua Alfredo Chaves), onde encontrarão os artistas Dan Ferreti e Gustavo Viegas animando o público desde as 18h30min. O encontro terá a apresentação de músicas populares sob ritmos como ijexá, maracatu, ciranda, côco e forró. 

 

Bloco da Ovelha

A ovelhada da Casa Paralela coloca o bloco na rua no sábado, 25, a partir do meio dia, sambando em clima de faroeste. Com o tema No Faroeste: o bom, o mau e a ovelha, duelos à lá western, sol a pino, deserto, xerife e vilão brincam juntos. A concentração sai da Rua Tronca, 3483.

 

Para esse ano o abadá apresenta duas ovelhas lindas curtindo no clima de bang bang. Todos podem curtir o bloco e a regata custa R$40 e camiseta R$45. Crédito divulgação. 

 

Bloco da Velha

Germano Weirich, Guilherme Martinato, Tiago Daltoé, Graziela Chiattone Martins e Marion Martinato estão em contagem regressiva para o Carnaval do Bloco da Velha. O projeto, na sétima edição, será no domingo, 26, e tem como tema os 100 anos de samba. A concentração inicia às 11h30min, em frente à Do Arco da Velha Livraria e Café (Rua Dr. Montaury, 1.570 – Centro). Por volta das 17h, a movimentação se desloca em direção à Estação Férrea. Neste ano, o evento contará com a presença de 12 opções de food trucks, 13 bares oficiais e mais 20 espaços para vinícolas e cervejarias locais. A entrada é liberada. O abadá do bloco custa R$50.

 

A animação ficará por conta da personagem Dona Bastiana, interpretada pelo ator Davi de Souza, do DJ Mono, dos instrutores de dança do Grupo MIXturado e da Banda Bloco da Velha. Já a produção musical da festa será assinada por Dan Ferretti. Crédito Gene Toscan. 

 

Baile de Carnaval Infantil San Pelegrino

A direção do Shopping San Pelegrino preparou uma programação especial para a diversão dos pequenos foliões. Pensando no entretenimento de crianças e jovens, o empreendimento serve de palco para a terceira edição do “Baile de carnaval infantil San Pelegrino”, que ocorrerá na terça-feira, 28, das 16h às 20h. A festa movimentará o primeiro andar do shopping, em frente à Cafeteria Bella Gula, e animará à tarde dos baixinhos de 0 a 12 anos, com brincadeiras, coreografias e concurso de fantasias. 

 

O

Ingresso antecipado para a família (dois adultos e uma criança) custa R$25 e na hora R$10 (adulto ou criança) e podem ser adquiridos no Teatro Sala de Ensaio. Crédito Divulgação. 

 

Baile Águas de Março 

O Recreio da Juventude encerra as atividades da grande folia com o tradicional Baile Águas de Março. Para esse ano, o evento será transformado em uma verdadeira festa caribenha, com decoração temática floral e clima tropical, com o mote: “Águas de Março – Bombo”. 

A folia é para todas as idades. Na sexta-feira, 10 de março, a partir das 20h, o Departamento Nova Geração reúne a turma com idades entre 11 e 14 anos. No sábado, 11, às 23h, o salão social do Recreio da Juventude recebe o grupo de pagode Esquenta Aí e a banda Cassino, que animarão à noite dos convidados. Já no domingo, 12, os pequenos se divertem com brincadeiras, coreografias, concurso de fantasias e saboreiam guloseimas em um baile só para eles.

 

E-mail do colunista: noticias@latosensucom.com.br

O conteúdo da coluna assinada assim como as imagens é de responsabilidade do colunista.