(Mt 24,37-44)

Iº Domingo do Advento

“Preparai o caminho do Senhor”: Este clamor de João Batista não perdeu sua atualidade. Tenhamos consciência ou não disto, Deus está sempre vindo a nós. Podemos de novo encontrar-nos com Ele. A fé pode ser despertada outra vez em nosso coração. Mas primeiro devemos encontrar-nos em nosso coração. Mas primeiro devemos encontrar-nos conosco mesmos com mais profundidade e sinceridade. É muito fácil manter-se na vida “sem caminhos” para Deus. Não é preciso ser ateu, nem recusar a Deus. Basta seguir a tendência geral de nossos dias e instalar-nos na indiferença religiosa. Pouco a pouco, Deus desaparece do horizonte.

Cada vez interessa menos. É possível recuperar hoje caminhos para Deus? Sim. Abandonando caminhos ambíguos que conduzem a um Deus interessado e dominador, zeloso só de sua glória e de seu poder, para abrir-nos a um Deus que nos espera busca desde agora e para sempre o melhor para nós. Deus é o Amor Santo que atrai e dá vida.  

Deus chama não empurrado pelo medo, mas atraídas por seu amor. É necessário ampliar o horizonte de nossa vida. Estamos enchendo a nossa vida de coisas e ficando vazios por dentro. Vivemos informados de tudo, mas nem sabemos mais para onde orientar nossa vida. Achamos que somos as gerações mais inteligentes e progressistas da história, mas não sabemos entrar em nosso coração para adorar ou dar graças. Precisamos de um fundamento sólido para nossa vida.

É tempo de Advento em preparação ao aniversário do nascimento de Jesus Cristo nosso Salvador. É bom nos questionar o rumo de nossa vida. Que valores que priorizamos? Deus veio a nós e continua conosco através de sua Palavra e da Eucaristia. Não estamos sozinhos, embora, por outro lado, seja necessário o desejo de  encontrar o Deus da vida no profundo de nosso “eu”. Para tanto é no silêncio de nosso ser que encontraremos a presença do sentido da nossa vida e da história. Pense!

 

E-mail do colunista: pe.arisilva@hotmail.com

O conteúdo da coluna assinada assim como as imagens é de responsabilidade do colunista.