O TOQUE DE SINETAS NA CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA 

O texto original deste escrito, datado de 18 de março de 2009, concluía sugerindo medidas práticas para as celebrações na Catedral, e foi concebido visando a constituir uma proposta para a Equipe Paroquial de Liturgia. Cabe mencionar que, na época, sinetas eram tocadas apenas nas Missas em que atuavam meninos «coroinhas». Nas demais Missas imperava o sagrado silêncio [2] no entorno da Consagração. Antes, porém, de o texto propositivo ser apresentado, o então Pároco da Catedral [3], considerando sem dúvida que a comunidade possui suficiente educação litúrgica, a ponto de estar atenta à celebração e dela cônscia [4], sancionou a erradicação do deplorável costume. 

Acesse o conteúdo na integra: https://liturgiaedireito.wordpress.com/2016/07/23/sinetas-na-missa/

O conteúdo da coluna assinada assim como as imagens é de responsabilidade do colunista.