Do bem

O esporte aliado à solidariedade e ao combate a violência. Essa é a proposta da 4ª Corrida pela Paz que vai ocorrer dia 27 de setembro, às 10h, na Restinga Velha, em Porto Alegre. A iniciativa do evento é do Centro Social Pe. Pedro Leonardi e da Paróquia Nossa Senhora Aparecida. As inscrições, que seguem até 26 de setembro, podem ser feitas pelo e-mail corridapelapazcs2015@gmail.comcorridapelapazcs2015@gmail.com ou direto na instituição (Rua Chácara do Banco, 71). A inscrição é 1 kg de farinha de trigo ou 1 kg de açúcar, ou 1 litro de azeite, que poderão ser entregues no dia da prova. Informações pelo telefone: (51) 3250-6617. 

 

Piano

Também no domingo, dia 27, a celebrada pianista gaúcha Olinda Allessandrini lança PamPiano, seu primeiro DVD. Dirigido por Caio Amon, o material faz um tributo ao Pampa através de uma seleção de obras para piano inspiradas pela região. São 14 videoclipes que trazem as performances filmadas de Allessandrini dialogando com cenas capturadas pela equipe de filmagem durante uma roadtrip pela fronteira do Brasil com o Uruguai. Aberto ao público, o evento acontece às 19h, no Teatro do CIEE, com ingresso social no valor de R$ 1,00 e retirada de senhas no local.

 

Foto 2   Olinda Allessandrini Crédito Jony Partos

Olinda Allessandrini. Crédito: Jony Partos

 

Literatura

O jornalista e escritor Esteban Rey Fontan está lançando em outubro A Lenda do Patinho Azul. Na história, um pequeno pato que nasce com uma coloração diferente da de seus irmãos e demais animaizinhos de sua espécie. O livro é um tratado antibullying, contra as discriminações, pró-amizade e amor. Em Porto Alegre, o lançamento será dia primeiro de outubro, no Ossip, e dia três na Casa de Cultura Mario Quintana. Já no dia 07, o escritor apresenta a obra na Casa de Cultura de Esteio.

 

Foto 3 Esteban Rey Fontan-arquivo pessoal

Esteban Rey Fontan. Crédito:  Arquivo pessoal

 

Cinema

Até 30 de setembro, está em cartaz no Cine Santander Cultural a mostra Mestres do Cinema Espanhol.  No festival, obras representativas de cinco importantes diretores do país. São eles: Luis García Berlanga, que fez irônicas comédias de cunho político, Luis Buñuel, considerado o pai do cinema surrealista, Julio Medem, celebrado por seus filmes intimistas e de clima onírico, Carlos Saura, o renomado cineasta que dividiu sua carreira entre temas sociais e música, e Pedro Almodóvar, o mais relevante, premiado e popular autor dessas últimas três décadas, que, com seu estilo inconfundível, tornou-se referência para diversas gerações de realizadores. Vale conferir. 

 

Foto 4 O Anjo Exterminador  LUIS BUÑUEL

Cenas de O Anjo Exterminador, LUIS BUÑUEL. Crédito:  divulgação

 

Música

Thiago Ramil, jovem compositor gaúcho, começa a alçar vôo em 2015 com seu álbum de estreia Leve Embora (Natura Musical). Neste trabalho, o músico apresenta o encontro entre elementos orgânicos percussivos e sonoridades contemporâneas exploradas através de recursos eletrônicos, ruídos, ambiências, loops, guitarras e teclados sintetizados. Estas camadas, aliadas à crueza das composições em voz e violão, criam um repertório com arranjos sofisticados e propõem, para este álbum, uma sonoridade híbrida, própria e provocativa.

 

Foto 5 Thiago Ramil fotos Thiago Lazeri 5

Thiago Ramil. Crédito: Thiago Lazeri 

 

E-mail do colunista: adriano@phosphoros.com.br

O conteúdo da coluna assinada assim como as imagens é de responsabilidade do colunista.