Crédito: Tela Tomazeli

 

 O mundo não é para os fracos...

O mundo não é para os negros, homossexuais, anões, prostitutas...

O mundo não é para os idosos, deficientes, garis ou coveiros...

O mundo não é para os brancos, amarelos...

O mundo não é, para os hoje excluídos, que não possuem qualquer deficiência...

O mundo é para os portadores de câncer, alzheimer, parkinson e tantas outras manchas que lhes foram destinadas e, a partir de então, passam a lutar bravamente para ‘ficar no mundo’... O mundo é daqueles que perderam e perdem seus ante queridos, por esses e outros motivos e, lutam a cada dia para acordar e viver sem a presença...

Pessoas, pessoas, sejamos menos para sermos mais. Lutemos para andar de mãos dadas e não criar classes. Entendamos as diferenças, respeitando as diferenças daqueles que supostamente não as possuem. Não há imposição que faça avançar a humanidade. Somente a cultura da educação, com total discernimento e entendimento do próximo nos torna merecedores desse mundo, que exige força, foco e fé...

O próximo é o ser humano, em sua plena forma, seja ela qual for!

Mais amor por favor!

Tela