20 de setembro de 2013 Gramado 011

Tradicionalistas cavalgam para a sede campestre do CTG Manotaço onde se reunem para virem ao Galpão, na Rua Coberta, para buscarem a Chama Crioula. Crédito Tela Tomazeli

 

Origem da Chama Crioula

Para compreendermos a origem e o significado da Chama Crioula precisamos voltar no tempo e identificarmos a trajetória e a função pedagógica, do fogo simbólico, na formação do imaginário nacional visando à construção de uma identidade cultural regional materializada através do Fogo Simbólico e da Chama Crioula.

 

Clique nas imagens para amplia!

 

 

 

 

20 de setembro de 2013 Gramado 017

Sede campestre do CTG Manotaço, Gramado. Crédito Tela Tomazeli

 

Quando falamos em "símbolos", no Brasil, muito se deve a influência da Maçonaria e da Liga de Defesa Nacional. Na verdade, podemos afirmar que, se não fosse a LDN, não teríamos Chama Crioula e nem fogo simbólico. A LDN foi criada por Olavo Braz Martins dos Guimarães Bilac, o nosso Olavo Bilac, nascido no Rio de Janeiro em 16 de dezembro de 1865, foi jornalista, poeta, um dos criadores da Academia Brasileira de Letras, e criou também, a Liga de Defesa Nacional, em 07 de setembro de 1916, com a finalidade de desenvolver o espírito cívico de todos os brasileiros.

 

20 de setembro de 2013 Gramado 022

Crédito Tela Tomazeli

 

A idéia do "fogo simbólico" para o Brasil, de forma concreta, veio da Alemanha em 1936, por ocasião, dos Jogos Olímpicos de Berlim, que inspirado nos gregos, usaram a força do simbolismo da "Tocha Olímpica" como uma maneira de unificar o povo alemão e desenvolver um forte sentimento nacionalista. Idéia esta, usada por Getúlio Vargas (1930-1945), "para legitimar uma Cultura Nacional".

 

20 de setembro de 2013 Gramado 031

Crédito Tela Tomazeli

 

No Estado do Rio Grande do sul, "A Corrida do Fogo Simbólico" foi resultado da apropriação e representação de elementos históricos e culturais adquiridos durante os jogos de Berlin, pois, lá estavam os gaúchos: Túlio de Rose, Ernesto Capelli, João Carlos Daudt e Humberto Sachs, observando a cerimônia e a participação do povo em torno do "Fogo Simbólico". Túlio de Rose ficou impressionado com a força que a "Tocha" proporcionava na população.

 

20 de setembro de 2013 Gramado 034

Crédito Tela Tomazeli

 

Dizia Túlio: "era como se ela pudesse abençoar e proteger àquele povo que demonstrava uma grande paixão pelo seu país" (Revista Globo, 1939, p.66). Ao retornar, decidiu organizar uma corrida com a Tocha Cívica, com o apoio da Liga de Defesa Nacional.  A primeira "CORRIDA DO FOGO SIMBÓLICO", no Brasil, foi realizada em 1938, por Túlio de Rose. Teve como ponto de partida a IGREJA MATRIZ DE VIAMÃO, e chegada na Pira da Pátria, junto ao monumento ao Expedicionário, no Parque Farroupilha em Porto Alegre.

 

20 de setembro de 2013 Gramado 039

Crédito Tela Tomazeli

 

No segundo ano de sua realização, a Corrida partiu da Igreja no centro da cidade de Rio Pardo chegando a Porto Alegre. Já, no início da década de 1940. Outros estados brasileiros começaram a participar do revezamento da tocha, integrando-se ao simbolismo desta cerimônia do país.

 

20 de setembro de 2013 Gramado 047

Crédito Tela Tomazeli

 

Em 1947, o Rio Grande do Sul, através do "grupo dos oito", ampliou o significado do "Fogo Simbólico", e eternizou, o feito de Túlio de Rose, transformando a "Tocha" em "Candeeiro" e o "Fogo Simbólico" em "Chama Crioula". O Gesto heróico de Ciro Martins, Paixão Cortes e seus companheiros, naquele 20 de setembro, além do translado dos restos mortais do farroupilha David Canabarro, de Santana do Livramento para Porto alegre, teve também, ligação com Pistóia, na Itália, donde veio uma Centelha em homenagem aos pracinhas brasileiros falecidos na II Grande Guerra. http://tropeiros21.weebly.com/chama-crioula.html

 

20 de setembro de 2013 Gramado 051

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

20 de setembro de 2013 Gramado 055

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

20 de setembro de 2013 Gramado 063

De pai para filha. A referência de onde viemos para saber para onde vamos é fundamental. Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

 

20 de setembro de 2013 Gramado 064

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

 

20 de setembro de 2013 Gramado 070

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

20 de setembro de 2013 Gramado 073

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

 

20 de setembro de 2013 Gramado 076

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

 

20 de setembro de 2013 Gramado 081

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

 

20 de setembro de 2013 Gramado 082

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

 

20 de setembro de 2013 Gramado 087

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

 

20 de setembro de 2013 Gramado 090

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

20 de setembro de 2013 Gramado 098

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

 

20 de setembro de 2013 Gramado 099

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

 

20 de setembro de 2013 Gramado 104

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

 

20 de setembro de 2013 Gramado 108

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

 

20 de setembro de 2013 Gramado 112

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

 

20 de setembro de 2013 Gramado 122

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

A logistica da Chama Crioula todo mês de setembro no RS

A Chama Crioula é ascendida todo o dia 13 de setembro e extinguida dia 20 de setembro. Todo o ano é escolhida uma localidade que teve relevância na Guerra dos Farrapos para ascender a Chama mãe, de onde saem às centelhas para os outros municípios, este ano (2013) foi o município de General Câmara.  O Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) é composto por 27  Regiões Tradicionalistas e, os CTG (Centro de Tradições Gaúchas) são responsáveis por buscar esta centelha e espalhar por suas regiões. Fonte Pepeu Gonçalves e amigos tradicionalistas

 

 

20 de setembro de 2013 Gramado 134

Recebe a Chama Crioula na Rua Coberta. Tira-se o chapéu para entoar o Hino Rio-grandense. Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

 

20 de setembro de 2013 Gramado 139

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

 

20 de setembro de 2013 Gramado 142

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

 

 

20 de setembro de 2013 Gramado 149

Semana Farroupilha em Gramado, RS, o Caminho da Chama Crioula, CTG Manotaço de Gramado e Secretária da Cultura. Crédito Tela Tomazeli

E-mail do colunista: tela@telatomazeli.com.br

O conteúdo da coluna assinada assim como as imagens é de responsabilidade do colunista.